Plano de manejo para descarte do lodo de curtume

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1436 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução


O efeito da atividade humana faz com que cada vez mais busquemos meios para reutilizar os resíduos produzidos industrialmente de forma racional na tentativa de inserir os elementos essências a vida aos seus respectivos ciclos, permitindo o estabelecimento de uma homeostase ambiental mínima ou ainda se possível aproveitando-a de forma racional.
Os lodos de curtume apresentamaltos teores de nutrientes com elevado potencial de neutralização da acidez do solo. Segundo (COSTA et al., 2001), o alto custo dos fertilizantes comerciais e a dificuldade de descarte de resíduos industriais, fez com que a agropecuária buscasse alternativas econômicas como o uso do efluente de curtume e de outros resíduos industriais, visto a grande quantidade de nutrientes existentes nosmesmos. O lodo de curtume vem sendo amplamente experimentado visando incremento da fertilidade do solo e seu potencial de tamponamento (Teixeira et al., 2010), ensaios para compostagem e seu uso agrícola (Santos, 2011), é sabido também o aumento da atividade microbiológica e mineralização de nutrientes (Castilhos, 2000), e mesmo o efeito benéfico sobre a condutividade elétrica do solo, quandoaplicado em quantidades adequadas para os diferentes tipos de solo (Souza, 2006), o trabalho de Souza (2009), refere-se ao lodo como uma alternativa para a adubação de plantas forrageiras, entretanto ainda não se tem uma metodologia definida para sua aplicação do lodo de curtume de forma precisa, devido as características fisioquímicas das diferentes classes pedológicas.
A Embrapa Acre realizou nasafra 2004/2005 vários ensaios em áreas de plantio comercial de grãos, visando avaliar o potencial agronômico de lodo de curtume na recuperação de áreas degradadas. A pesquisa visava definir critérios para a disposição do efluente líquido gerado no curtume, de forma que não cause problemas ambientais, mas proporcione benefícios para o local onde é feita a disposição do resíduo (WADT, 2005). Noensaio de Araujo e Gentil (2010) foi testada a ação do lodo de curtume no controle de Meloidogyne spp. e nodulação em soja.
O uso agrícola de lodos de curtume pode contribuir para a melhoria da fertilidade dos solos e nutrição das plantas (KONRAD e CASTILHOS, 2002; FERREIRA et al., 2003), além de representar uma forma de descarte do resíduo no ambiente. No entanto, quando isso é feito de formapouco criteriosa, e utilizado de forma inadequada, pode resultar em elevados valores de pH (SELBACH et al., 1991) e excesso de sais solúveis (KONRAD e CASTILHOS, 2002) o que pode comprometer a sustentabilidade agrícola e o uso futuro dessas áreas.
A adição de materiais orgânicos é fundamental à qualidade do solo, caracterizando-se pela liberação gradativa de nutrientes, que reduz o efeito deprocessos como lixiviação, fixação e volatilização, embora dependa essencialmente da taxa de decomposição, controlada pela temperatura, umidade, textura e mineralogia do solo, além da composição química do material orgânico utilizado (LEITE, 2002).
Assim sendo a Empresa de Consultoria Ambiental ECOTRÓPICA foi contratada para realizar os procedimentos de licenciamento ambiental para o despejo dolodo de curtume (efluente organomineral) na Fazenda Adelaide II, atendendo as exigências propostas no Relatório Ambiental Nº 009/2011 da Secretaria Municipal de Gestão Ambiental, propõe o manejo adequado do lodo, relacionando o resultado das análises fisioquímicas do solo da área em operação com dois anos de despejo e utilizado como parâmetro para as duas áreas propostas (PCA) seguindo as normasestabelecidas em ABNT - NBR 13.221 - Transporte de Resíduos tomando como base o Manual Técnico da CETESB 2009.

METODOLOGIA DE DESCARTE

Operação rotacionada na subárea 2 de 42,09 ha
Aplicação do lodo no solo é a ação de inserir - lo uniformemente sobre a superfície do terreno seguida de incorporação, ou de promover a sua injeção subsuperficial, com o intuito de descartar o efluente...
tracking img