Planejando incubadoras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 163 (40542 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PLANEJANDO INCUBADORAS DE EMPRESAS
Como desenvolver um plano de negócios para incubadoras

José Dornelas www.josedornelas.com

Este livro pode ser copiado e distribuído livremente desde que citada a fonte e direitos autorais*: www.josedornelas.com
*Algumas figuras, tabelas e quadros foram omitidos devido aos direitos autorais referentes ao projeto gráfico de autoria da editora que publicoua obra.

© www.josedornelas.com

Planejando Incubadoras de Empresas Planejando Incubadoras de Empresas © 2002, Editora Campus Ltda. – uma empresa Elsevier Science Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem autorização prévia por escrito da editora, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados:eletrônicos, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros.

Editoração Eletrônica Futura Copidesque Claudia Amorim Revisão Gráfica Mariflor Brenlla Rial Rocha Edna Rocha Projeto Gráfico Editora Campus Ltda. A Qualidade da Informação Rua Sete de Setembro, 111 – 16o andar 20050-002 Rio de Janeiro RJ Brasil Telefone: (21) 3970-9300 FAX (21) 2507-1991 E-mail: info@campus.com.br ISBN 85-352-1141-1CIP-Brasil. Catalogação-na-fonte. Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ D757p Dornelas, José Carlos Assis Planejando incubadoras de empresas: como desenvolver um plano de negócios para incubadoras/José Carlos Assis Dornelas. – Rio de Janeiro: Campus, 2002 ISBN 85-352-1141-1 1. Incubadoras de empresas. 2. Empresas novas – Planejamento. I. Título. 02-1380 CDD 658.11 CDU 65.016.1 5 4 3 2 102 03 04 05

© www.josedornelas.com

Aos gerentes de incubadoras de empresas brasileiras... Com criatividade e entusiasmo, esses homens e mulheres estão fornecendo os ingredientes básicos para o desenvolvimento de uma nação empreendedora.

© www.josedornelas.com

Agradecimentos

Após anos de trabalho com incubadoras de empresas, assessorando seus gerentes na elaboração dos planos denegócios, nada mais justo do que agradecer aos que me motivaram a escrever este novo livro. Alguns participaram ativamente de mais este desafio, contribuindo decisivamente e enriquecendo o resultado final; outros serviram de inspiração. Especial destaque ao grupo de gerentes de incubadoras apoiadas pelo Sebrae-SP e Fiesp, com os quais convivi intensamente por mais de dois anos e onde toda ametodologia foi validada: Álvaro, Biagio, Bini, Camargo, Carlinhos, Consuelo, Davi, Décio, Dinéia, Eduardo, Eliana, Eliane, Fabiano, Ivone, Jorge, José Lopes, José Mário, Júlio, Lorival, Luiz Pereira, Mamede, Mathias, Nicola, Orlando (Araraquara), Orlando (São José dos Campos), Paulo, Pedro, Rubens, Sérgio, Sidnei, Silvana, Sirene, Tina, Tritto, Vera, Victor, Wladimir, Xavier; à Fundação Parqtec e aoprofessor Sylvio – pioneiros no tema plano de negócios para incubadoras –, pelo capital intelectual e oportunidade inicial; ao pessoal do setor de tecnologia do Sebrae-SP: Cláudio, Gilson, Edson e Silvério; ao Rantin e ao Fonseca. A Zé Carlos, de Sertãozinho, Alexandre e Ana, do Inmetro, agradeço os exemplos. Um reconhecimento também a todos aqueles que ajudaram a difundir o modelo de plano de negóciosde incubadoras: Maria Alice e Ana Flávia (UFRGS), Zulema (Uberaba), pessoal do IEPA/PIETEC (Nilson, Lima Jr., Teca...), Cassandra (Sebrae-RS) e incubadoras gaúchas; ao Aranha, da PUC-Rio e Anprotec; ao João Bosco Freitas, do MCT; ao Mark Rice, do Babson College; ao Fabrizio Condorelli, da UNIDO e ao Ary Plonski.

© www.josedornelas.com

Prefácio

No controverso campo de indicadores deinovação no Brasil, um dos poucos pontos de consenso é o do sucesso do movimento de incubação de empresas. Dele dá testemunho evidente o expressivo crescimento do número de incubadoras – de 10 em 1991 para 160 uma década depois. Igualmente importante é o sucesso de diversas empresas graduadas – apenas como exemplo, uma delas venceu o Prêmio Finep Inovação 2001 para pequenas empresas. As incubadoras...
tracking img