Planejamento anual

Páginas: 2 (257 palavras) Publicado: 25 de maio de 2011
Apresentamos, a seguir, trechos de um tratado proposto por um grupo de escravos rebeldes a um senhor de engenho de Santana de Ilhéus, Bahia.
Tratadoproposto a Manuel da Silva Ferreira pelos seus escravos durante o tempo em que se conservaram levantados (c. 1789)
Meu senhor, nós queremos paz e não queremosguerra; se o meu senhor também quiser nossa paz há de ser nessa conformidade, se quiser estar pelo o que nós quisermos, a saber:
Em cada semana há de nosdar os dias de sexta-feira e de sábado para trabalharmos para nós não tirando um destes dias por causa de dia santo.
Para podermos viver nos há de darrede, tarrafas e canoas. (...)
Os atuais feitores não os queremos, faça eleição de outros com a nossa aprovação. (...)
Poderemos plantar nosso arroz ondequisermos, e em qualquer brejo, sem que para isso peçamos licença, e poderemos cada um tirar jacarandás ou qualquer pau sem darmos parte para isso.
A estarpor todos os artigos acima, e conceder-nos estar sempre de posse da ferramenta, estamos pronto para o servimos como dantes, porque não queremos seguir osmaus costumes dos mais engenhos.
Poderemos brincar,folgar, e cantar em todos os tempos que quisermos sem que nos impeça e nem seja preciso pedir licença.João José Reis e Eduardo Silva. Negociação e Conflito. op.cit.p.123-124

1-Com relação ao documento,identifique:
a) Quem o elaborou;
b) Quando foi elaborado;
c) A quem se destina.

2-Quais são as principais reivindicações dos escravos rebelados?
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • planejamento anual
  • Planejamento anual
  • Planejamento anual
  • Planejamento anual
  • planejamento anual
  • PLANEJAMENTO ANUAL
  • Planejamento anual
  • Planejamento anual

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!