Pinacoteca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6217 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Comunicação & Inovação

Artigos

A vinheta eletrônica no cinema: adaptação e evolução de um elemento gráfico The electronic vignette in the cinema: adaptation and evolution of a graphical element
Leonardo Fialho Freitas
Mestre em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – Famecos/PUC-RS. E-mail:leoradd@bol.com.br.
Artigo recebido em 29/08/2007 Artigo aprovado em 12/11/2007

Resumo Com este artigo, buscou-se delinear e contextualizar a trajetória das vinhetas em sua adaptação das artes gráficas para o meio eletrônico do cinema. Utilizou-se referencial teórico e pesquisa documental. Foi feito um resgate histórico que abrange o surgimento das vinhetas, notadamente as cinematográficas, suaconcepção inicial como elemento de distração durante os créditos de abertura dos filmes, até a evolução natural que a sétima arte impôs a ela. Transcendendo os limites do imaginário cinematográfico, a vinheta passou a diversificar suas funções de tal forma que teve a própria natureza transformada. Palavras-chave: vinheta, cinema, imagem. Abstract This article delineated and contextualized the pathof vignettes in their adaptation from graphic arts to the electronic movie world. It was used bibliographical study and documental research. A historical approach was done of the initial appearance of movie vignettes, that is, their first conception as an entertainment element in the sidelines during the film opening credits presentation until the natural evolution of the Seventh Art.Transcending the limits of the imaginary cinematographic, the vignette diversified itself in such a way, that it had its own nature transformed. Keywords: vignette, movie, images.

14

Comunicação & Inovação, São Caetano do Sul, v. 9, n. 16:(1) jan-jun 2008

Artigos

Comunicação & Inovação
A parte documental que fundamentou o artigo não apresentou as mesmas dificuldades que a busca de fontesteóricas: esteve presente na riqueza da mídia que utiliza o antigo recurso, tão adaptável às necessidades expressivas modernas, e na boa memória de cinéfilos, sempre prontos a resgatar lembranças e a partilhá-las com o autor. Sendo a vinheta um elemento gráfico, utilizou-se a análise da imagem proposta por Martine Joly (2004) para delinear seu estudo dentro de sua condição visual. O pensamento é formadopor imagens e, através de imagens, pensa o ser humano. Portanto, a concepção de imagem já começa a se formar no próprio pensamento. Já a forma como se interpretam as imagens ou o significado que uma imagem passa para quem a vê depende do conhecimento prévio compartilhado entre o emissor e o receptor, pois todas as imagens possuem um valor diferente, dependendo do contexto no qual estão inseridas.Conforme a análise de Martine Joly, o ambiente que cerca os indivíduos não é feito só de mensagens visuais intencionais, mas também o comportamento de um indivíduo (sua maneira de agir, vestir e interagir em determinado ambiente) faz parte de um conjunto de estímulos que formam a imagem propriamente dita. De fato, no campo da arte, a noção de imagem vincula-se essencialmente à representaçãovisual: afrescos, pinturas, mas também iluminuras, ilustrações decorativas, desenhos, gravuras, filmes, vídeos, fotografias e até imagens de síntese (JOLY, 2004: 18). Já a imagem gráfica passou a ser usada para designar o trabalho desenvolvido por profissionais da área de produção gráfica (designers, publicitários) na criação de peças e animações (logotipos, anúncios e trucagens eletrônicas). E pode-seconstatar que as mesmas são produzidas com a intenção de passar uma mensagem bastante clara ou persuasiva ao receptor que a percebe. Essa experiência comunicativa propõe um novo âmbito na compreensão e nas possibilidades de estudo e análise da forma de produção dessas imagens. O emprego contemporâneo do termo “imagem” remete, na maioria das vezes, à imagem da mídia. A imagem invasora, a imagem...
tracking img