Pgrss

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BRUNO CORIOLANO DE MORAES RAMALHO


GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

JOÃO PESSOA
2012
BRUNO CORIOLANO DE MORAES RAMALHO




GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

Pré Projeto apresentado à Disciplina de Metodologia do Trabalho Científico para aprovação no curso de Bacharelado em Engenharia Ambiental.

Nome do Orientador: Prof.ªEuzivan Lemos

JOÃO PESSOA
2012
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 1.1 JUSTIFICATIVA | 12 |
1.2 OBJETIVOS1.2.1OBJETIVO GERAL1.2.2OBJETIVOS ESPECÍFICOS | |
2 REFERENCIAL TEÓRICO | 15 |
| 16 |
| 17 |
| 18 |
| 19 |
| 20 |
3 SOBRE A EXIGÊNCIA DO CUMPRIMENTO DA LEGISLAÇÃO | 21 |
| 22 |
| 25 |
| 30 |
| 32 |
| |
4 ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS DADOS | 34 |
|4.1 SUBTÍTULO A | 36 |
4.2 SUBTÍTULO B | 37 |
4.2.1 Subdivisão do subtítulo b | 39 |
4.2.2 Subsubdivisão do subtítulo b | 41 |
| |
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS | 42 |
| |
REFERÊNCIAS | 50 |
APÊNDICE | 51 |

1 - INTRODUÇÃO

A área ambiental vem adquirindo uma grande importância no contexto educacional, assumindo que os resíduos gerados por uma unidade educacional,principalmente na área da saúde, têm um grande índice de periculosidade e uma geração considerável. Ao longo do desenvolvimento da sociedade humana, este tipo de resíduo vem sendo descartado de forma desinformada tornando-se um fato crítico à medida que vem aumentando o desenvolvimento tecnológico, mudanças e hábitos de consumo, alterando a composição qualitativa e o volume desses resíduos.
Como fatorindireto, de impactos a saúde e ao meio ambiente, os resíduos de serviços de saúde – RSS exercem grande importância na transmissão de doenças, mediante o contato de vetores biológicos e mecânicos. Seu manejo inadequado pode contribuir para a poluição do solo, da água e do ar, submetendo as pessoas a variadas formas de exposição ambiental. Por ser uma classe especial de resíduos requer coleta, manuseio,armazenamento, tratamento, destinação final e um plano de gerenciamento específico de acordo com suas classes e características, pois estes aspectos potencializam os riscos a saúde humana e ao meio ambiente.
No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA e o Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA têm assumido o papel de orientar, definir regras e regular a conduta dosdiferentes agentes, no que se refere à geração e ao manejo dos resíduos de serviços de saúde. A RDC ANVISA n.º06/04 e a Resolução CONAMA n.º 358/05 tem o propósito de orientar a implementação dos Planos de Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde - PGRSS, apoiando as equipes técnicas das instituições da área da saúde neste processo.
O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) é umdocumento a ser apresentado pelas instituições de serviços de saúde visando ao cumprimento das determinações legais anteriormente mostradas, as quais apontam e descrevem as ações relativas ao manejo de resíduos sólidos de serviços de saúde, contemplando os aspectos referentes à geração, segregação, acondicionamento, coleta, armazenamento, transporte, tratamento e disposição final, bem como, proteção àsaúde pública (PIMENTEL, 2006).
O Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde - PGRSS é um documento integrante do processo de licenciamento ambiental, baseado nos princípios da não geração de resíduos e na minimização da geração de resíduos. O PGRSS é um documento que aponta e relata ações relativas ao manejo dos resíduos sólidos, observadas suas características no âmbito dosestabelecimentos e contemplando os aspectos referentes à geração, segregação, acondicionamento, coleta (interna e externa), armazenamento (interno e externo), transporte (interno e externo), tratamento e disposição final, bem como a proteção à saúde pública, sendo de total responsabilidade do seu gerador realizar o gerenciamento.

1.1 JUSTIFICATIVA

Como exposto no presente trabalho, verifica-se...
tracking img