PESTE NEGRA

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto


Ocorreu por volta de
1347 e 1350;



Peste bubônica.

“A grande mortandade teve início em Avinhão em janeiro
de 1348. A epidemia se apresentou de duas maneiras.
Nos primeirosdois meses manifestava-se com febre e
expectoração sanguinolenta e os doentes morriam em
três dias; decorrido esse tempo manifestou-se com febre
contínua e inchação nas axilas e nasvirilhas e os doentes
morriam em 5 dias. Era tão contagiosa que se propagava
rapidamente de uma pessoa a outra; o pai não ia ver seu
filho nem o filho a seu pai; a caridade desaparecerapor
completo". E continua: Não se sabia qual a causa desta
grande mortandade. Em alguns lugares pensava-se que
os judeus haviam envenenado o mundo e por isso os
mataram.” Guy deChauliac, médico do Papa Clemente VI.

"É ainda descrita, como um
dos cavaleiros do
Apocalipse, como um
novo 'dilúvio', como um
'inimigo formidável”.
(DELUMEAU, 1989, p.
112)

Unsvinham na peste os atos maléficos
de Satã e seus demônios, que espalhavam a
calamidade pelos homens, trazendo dor,
sofrimento e morte. Em alguns relatos,
algumas pessoas sugerem que apeste era
causada por uma nuvem escura que saía das
profundezas da terra, possivelmente do
próprio Inferno, e infectava a todos em seu
caminho. Outros diziam que a peste era
como umincêndio que se alastrava pela
terra e pelo céu, que demônios eram vistos
conduzido as chamas. Que tal calamidade
era trazida pela própria Morte.



Pinturas e afrescos do século XV eXVII nas igrejas
retratam imagens de Deus, Jesus, de santos e anjos
atirando flechas ou lanças "envenadas" com a peste
sobre as cidades;



Uma das explicações para isso, era que apeste era um
ato de punição de Deus aos homens pelos seus
pecados, tal como fora o dilúvio;



Nesta época a seita do Flagelantes ganhava mais
adeptos em algumas partes da Europa.