PESTE NEGRA

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (419 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
PESTE NEGRA 
(Europa e Ásia) - 1333 a 1351


História: A Peste Bubônica, também conhecida como “peste negra” foi a mais mortal das epidemias, que atingiu a Europa, no século XIV. Entre 1347 e 1351,a peste negra dizimou metade da população europeia. Embora haja desacordo, as estimativas são de 75 a 200 milhões de mortes. Ela foi sendo combatida à medida que se melhorou a higiene e o saneamentodas cidades, diminuindo a população de ratos urbanos
Contaminação: Causada pela bactéria Yersinia pestis, comum em roedores como o rato. É transmitida para o homem pela pulga desses animaiscontaminados. Ela teve origem na China ou na Ásia Central, de onde viajou pela rota da seda, nos intestinos das pulgas que infestavam os ratos. Chegando ao Mediterrâneo, os ratos se encarregaram de levá-las paraos navios, que disseminaram a doença pelos portos em que atracavam.
Como naquela época não se tinha conhecimento disso, as pessoas acabaram criando diversas justificativas. A Igreja acusava o diabode estar causando as desgraças, e também de que fosse um castigo para os pecadores. Muitos acusavam os judeus de terem envenenado os poços de água, outros colocavam a culpa nos mendigos ou nosleprosos. E estes se tornaram sinônimos de exclusão.
Sintomas: Inflamação dos gânglios linfáticos, seguida de tremedeiras, dores localizadas, apatia, vertigem e febre alta. Relatos históricos, como o do poetaBoccaccio, que viveu em Florença nessa época, descrevem bem isso:
“Em homens e mulheres, ela se manifesta pela emergência de certos tumores nas virilhas e axilas, alguns dos quais chegam ao tamanhode uma maçã; outros, ao de um ovo… Dessas duas regiões do corpo esses tumores mortais logo começam a propagar-se e a espalhar-se em todas as direções; depois disso, a apresentação se modifica, emmuitos casos manchas negras ou lívidas aparecem nos braços, nas coxas e outras partes, de início poucas e grandes, mais tarde pequenas e numerosas. Assim como os tumores, as manchas negras são sinais...