Pensata

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2356 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A TEORIA DE DANIEL GOLEMAN E A MÚSICA.
CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES ASSOCIADAS DE ENSINO-FAE CURSO DE MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E QUALIDADE DE VIDA.
Cristiane Fernandes
Kricafer70@hotmail.com
Disciplina: Gestão
Professor: Luciel Henrique de Oliveira
Nesta pensata procura-se mostrar que nos dias de hoje,a música pode assumir um grande papel para o desenvolvimentoda teoria de Daniel Goleman e o sucesso empresarial.
Segundo estudos realizados por Goleman (1995), 90% da diferença entre as pessoas que obtém grande sucesso pessoal e profissional, são aquelas com desempenho apenas mediano, isto se deve a fatores relacionados a competências comportamentais, mais do que às habilidades aprendidas na escola.Este, afirma que não basta ter QI mas que o talentopara cativar colegas de trabalho e motivar equipes é tão importante quanto as habilidades cognitivas, como memória ou talento para a resolução de problemas.Muitos questionamentos foram feitos a cerca da teoria deste escritor, dizendo até mesmo que a Inteligência Emocional(IE) sobrepõe ao QI mas na verdade, isto é uma distorção da realidade. A teoria de Goleman(1995), afirma que o QI é responsávelpor 10% a 20% do sucesso profissional e os 80% são influenciados por diversos fatores como, tipo de formação, apoio familiar e até mesmo a sorte. Neste pacote, também temos a Inteligência Emocional, sendo apenas mais um elemento do grupo. A Inteligência Emocional é algo que você pode controlar e depende do seu esforço, porém, não substitui o QI. Trazendo este conceito para o ambiente profissional,entende-se que pessoas com um alto grau de inteligência emocional estão mais bem preparadas para enfrentar as dificuldades do mundo corporativo. É muito comum vermos pessoas brilhantes do ponto de vista técnico e do conhecimento na sua área, mas que por dificuldades de expressão, de relacionamento com os colegas, com o chefe, com os próprios clientes, acabam por estagnar em termos de carreira. Estateoria nos permite maior esperança em alinhar o QI, que muitas vezes não está entre os maiores à Inteligência Emocional. A importância para o sucesso de uma empresa é procurar fazer um paralelo entre o bom convívio empresarial mas não abrindo mão da inteligência. Um bom exemplo é quando numa entrevista os entrevistados possuem o mesmo QI, desta forma, a base para o desempate certamente será oindivíduo mais agradável e controlado.










O conjunto destas competências é o que podemos chamar de Inteligência Emocional. Ela possui cinco componentes principais:
1- Auto Percepcão- capacidade da pessoa em conhecer a si próprio.
2-Auto Controle- Capacidade em gerir suas próprias emoções.
3-Auto Motivacão- Capacidade para motivar a si mesmo.4-Empatia- Habilidade de comunicação interpessoal de forma espontânea e não pessoal.
5-Aptidão Pessoal-Capacidade de relacionamento interpessoal.
Para o sucesso no desempenho profissional do funcionário, segue as competências essenciais a se seguir, segundo o livro de Goleman (1995):

Competências Essenciais - atitude profissional positiva e empreendedora; capacidade derelacionamento interpessoal e trabalho em equipe; capacidade de persuasão e comunicação interpessoal; capacidade de negociação e flexibilidade pessoal; capacidade de inovação e criatividade; conhecimento de gestão de negócios e de tendências sociais; capacidade de focar e perseguir objetivos.

Quando identificado um problema significativo em qualquer um destes pontos, é necessário que seinicie um programa de desenvolvimento para que as pessoas tenham condições ideais para o sucesso profissional. 
Segundo Parejo (2001) o ser humano se esbarra diariamente com novos paradigmas, movimentos sociais que denunciam diariamente o mal estar profundo do ser humano, tornando urgente a tarefa de ultrapassar a falta de prazer da vida moderna, De acordo com esse raciocínio, todo o...
tracking img