Pcr proteina c reativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2600 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 – INTRODUÇÃO

O desenvolvimento de uma doença infecciosa em um indivíduo envolve interações complexas entre o microrganismo e o hospedeiro. Os eventos fundamentais durante a infecção incluem a entrada do microrganismo, a invasão e colonização dos tecidos do hospedeiro, e a evasão da imunidade do hospedeiro e a lesão tecidual ou prejuízo funcional. Alguns microrganismos produzem doençaliberando toxinas, mesmo sem uma colonização extensa nos tecidos do hospedeiro. Muitas características dos microrganismos determinam a sua virulência, e muitos mecanismos diferentes contribuem para a patogênese das doenças infecciosas.
A defesa contra microrganismos é mediada pelos mecanismos efetores da imunidade inata e adaptativa. O sistema imune inato proporciona a defesa inicial, e o sistemaimune adaptativo proporciona uma resposta mais sustentada e mais forte, acentuando os mecanismos protetores da imunidade inata e direciona estes mecanismos para os locais da infecção, que responde de modo distinto e especializados a diferentes tipos de microrganismos para combater de modo mais eficaz estes agentes infecciosos. Como os microrganismos diferem enormemente em padrões de invasão ecolonização do hospedeiro, sua eliminação requer sistemas efetores diversos. A especialização da imunidade adaptativa permite que o hospedeiro responda otimamente a cada tipo de microrganismo.
A sobrevivência e a patogenicidade dos microrganismos em um hospedeiro são criticamente influenciadas pela capacidade dois microrganismos de evadir ou resistir aos mecanismos efetores da imunidade.Microrganismos infecciosos e seus hospedeiros estão envolvidos em uma luta constante pela sobrevivência, e o equilíbrio entre as respostas imunes do hospedeiro e as estratégias microbianas para resistir à imunidade freqüentemente determina o prognóstico da infecção.
Em muitas infecções, a lesão tecidual e a doença podem ser causadas pela resposta do hospedeiro ao microrganismo e aos seus produtos, maisdo que pelo microrganismo em si. A imunidade, assim como outros mecanismos de defesa, é necessária para a sobrevivência do hospedeiro, mas também tem o potencial de causar lesão ao hospedeiro.
1.1 - Objetivo

O presente trabalho acadêmico tem por objetivo caracterizar a resposta imune na infecção bacteriana, tanto na imunidade às bactérias extracelulares como na imunidade às bactériasintracelulares.


























2 – DESENVOLVIMENTO

As bactérias são os microorganismos que mais freqüentemente causam infecções no homem. Tanto as barreiras naturais contra os agentes infectantes, como a imunidade inata e a adaptativa participam do mecanismo de defesa contra as bactérias.

2.1 – Imunidade às Bactérias Extracelulares

As infecções causadas porbactérias extracelulares são as mais freqüentes. Nesses casos os mecanismos de defesa estão relacionados principalmente com as barreiras naturais do hospedeiro, a resposta imune inata e a produção de anticorpos.
As bactérias extracelulares são capazes de se replicar fora das células do hospedeiro. Muitas espécies diferentes de bactérias extracelulares são patogênicas, e a doença é causada por doismecanismos principais. Primeiramente, essas bactérias induzem inflamação, que resulta em destruição do tecido no local da infecção. Essa é a forma pela qual os cocos piogênicos (formadores de pus) causam um grande número de infecções supurativas no homem. Em segundo lugar, muitas dessas bactérias produzem toxinas, as quais possuem efeitos patológicos diversos. Tais toxinas podem ser endotoxinas,que são componentes das paredes celulares bacterianas, ou exotoxinas, que são ativamente secretadas pelas bactérias. A endotoxina das bactérias Gram-negativas, por exemplo, também chamada lipopolissacarídio (LPS), é um ativador potente dos macrófagos. Muitas exotoxinas são citotóxicas, e elas destroem as células por vários mecanismos bioquímicos. Outras exotoxinas interferem com as funções...
tracking img