Patrimonios historico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1698 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Manaus do século XXI:
voltada para o futuro sem esquecer o passado
Modernos viadutos e construções antigas mas bem conservadas começam
a delinear uma nova arquitetura da cidade. Várias obras traduzem esse espírito
de modernidade aliado à valorização do patrimônio histórico.

Durante a fase áurea da borracha (1890 a 1910), quando Manaus viveu um período de luxo e riqueza, um plano demonumentalização da cidade foi traçado pelo engenheiro militar Eduardo Ribeiro, governador do estado, de 1892 a 1896. A construção do Teatro Amazonas e do Palácio da Justiça fazem parte desse projeto, apesar de terem sido inaugurados no governo seguinte. Eduardo Ribeiro também foi o responsável pela ampliação e abertura de ruas e avenidas e outras benfeitorias. Nessa época, Manaus dispunha de praças ejardins bem cuidados, além das comodidades reservadas às grandes capitais mundiais, como eletricidade, telefonia, água encanada e serviço de transporte coletivo de bondes elétrico.

Com o fim do domínio da exportação da borracha, devido à concorrência dos países asiáticos, a cidade ficou relegada ao abandono e ao ostracismo econômico, que só teve fim com a implantação da Zona Franca de Manaus,em 1967.

Teatro Amazonas - Obra arquitetônica mais significativa do período áureo da borracha. Tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1965, foi totalmente recuperado em 1990, e atualmente passa por uma fase de revitalização, mantendo uma agenda movimentada, com apresentação de espetáculos de teatro, dança e música, com destaque para o Coral do Amazonas e a Amazonas Filarmônica.
Ainstalação do comércio de produtos importados e o desenvolvimento do Distrito Industrial deram nova vida à economia local, porém, provocou um crescimento desenfreado, que trouxe sérias conseqüências para a cidade. Uma delas foi a descaracterização do seu patrimônio histórico-cultural, que acabou sendo deixado de lado, uma vez que os governantes passaram a se preocupar apenas com as instalações dasfábricas e lojas comerciais, e com os problemas causados pelo súbito aumento demográfico: saneamento básico, abertura de estradas e construção de conjuntos habitacionais para abrigar a mão-de-obra vinda do interior e de outros estados. Num período de 30 anos (1967-1997), a cidade passou de 200 mil para 1 milhão e 500 mil habitantes.

Turismo - Atualmente, o Amazonas busca outras alternativas dedesenvolvimento econômico, entre elas a exploração do seu potencial turístico. Com o objetivo de preparar a capital do estado para o turismo, além da atender a demanda natural de um centro urbano, o que exige constantes obras de infra-estrutura, a prefeitura municipal vem desenvolvendo um projeto de modernização da cidade. Este ano várias obras estão sendo realizadas. A principal delas é a reformulaçãodo sistema viário, que inclui a construção de novas ruas, avenidas e viadutos.

O processo de adaptação da cidade para o turismo vem contribuindo para despertar o interesse pelo patrimônio histórico de Manaus. Nesse sentido, nota-se em todo o país a formação de uma nova mentalidade. Nunca se falou tanto no assunto como agora. Atualmente, o patrimônio histórico é a área que mais recebeinvestimentos no Brasil, por meio da lei federal de incentivo à cultura. Esse espírito de resgate do passado, aliado ao interesse turístico, vem motivando o surgimento de projetos que visam a recuperação e revitalização do patrimônio histórico em várias cidades brasileiras, como Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Olinda, Ouro Preto, inclusive Manaus. Assim, ao mesmo tempo em que ganha novasavenidas e viadutos, a capital do Amazonas vem ganhando um aspecto renovado também por conta da recuperação de casas e prédios antigos. Entretanto, sem
sustentação econômica os prédios voltam a se deteriorar rapidamente. De acordo com a arquiteta Ana Lúcia Abrahim, diretora do departamento regional do Iphan - Instituto de Patrimônio Histórico Nacional, esse é um fator importante quando se promove...
tracking img