Pasta de estagio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1813 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO

CURSO DE PEDAGOGIA

Relatório de Estágio Curricular

Elaborado por:

Regiane Reis Vitória Oliveira

Três Corações, 2011

Regiane Reis Vitória Oliveira

Relatório de Estágio Curricular

Fevereiro,2011

ENTREVISTA COM O DIRETOR DA ESCOLA

Qual é o projeto desenvolvido na escola?
Atualmente na escola Maria Ivani, desenvolvemos o projeto deAtendimento Especializado, junto com a Secretaria Municipal de Educação que nos dá todo o suporte necessário.
Qual é a principal proposta deste projeto?
A escola para todos não exclui, acolhe de forma incondicional todo e qualquer aluno. Não os inclui por uma questão meramente filosófica, de solidariedade ou compaixão, mas especialmente por uma questão de direito, que deve ser preservado por pais,professores e por todos nós, cidadãos conscientes de nossos deveres relativos à infância.
Existe um aparo legal para a continuação deste projeto?
Sendo a educação um direito indisponível e do aluno, ele está alinhado a uma série de outros princípios de ordem constitucional e educacional. Há no momento uma grande preocupação relativa à inclusão escolar, dado que existem várias interpretações sobre oque é uma escola para todas as crianças, sobre a exclusão escolar, sobre a inserção dos alunos com deficiência e com altas habilidades nas escolas comuns e sobre o papel da educação especial, como uma das garantias da inclusão desses alunos. Há também muitas versões equivocadas do que a inclusão representa em termos de melhoria da qualidade do ensino das escolas.
Como a escola tem se preparado parareceber o aluno do AEE?
A inclusão trouxe a idéia de uma escola para todos e também a consideração do que é a igualdade e as diferenças na escola. Este é um ponto que deve interessar muito aos professores, pois não devemos continuar nos sustentando na máxima aristotélica de “tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais”. Tratar desigualmente os desiguais pode cair no “ele não é iguala mim, então pode merecer outro tipo de tratamento”. Por essa máxima, justificam-se as estratificações dentro da sociedade, os agrupamentos, as categorizações existentes no Brasil, no mundo inteiro e que implicam em ações discriminatórias. Uma escola só para crianças pobres, um projeto só para crianças que têm um determinado tipo de problema, uma escola só para alunos com nível elevadíssimo deinteligência, uma só para alunos com deficiência - todas essas iniciativas discriminam e diferenciam para excluir. Os professores tem se preparado e estudo muito para adquirirem as habilidades necessárias para suprir as necessidades deste alunos.
Como a frase “Direito à igualdade e à diferença” tem sido entendida pelos professores?
Temos de saber andar no fio da navalha, assegurando o direito àigualdade quando as diferenças inferiorizam nossos alunos e assegurar o direito à diferença quando a igualdade os descaracteriza. Isso é muito diferente de tratar igualmente os iguais e desigualmente os diferentes.Trata-se de uma máxima importantíssima que se aplica não só à escola, como a qualquer agrupamento humano. Ela sustenta inúmeras ações que estão sendo desenvolvidas internacionalmente emfavor do direito das pessoas a serem diferentes e do direito à igualdade quando há necessidade que essas pessoas sejam protegidas de qualquer ação discriminatória que possa inferiorizá-las.
Como professores que somos, é fundamental que adotemos essa máxima ao pensarmos em nosso projeto pedagógico, na gestão da escola, quando selecionamos as atividades que vamos desenvolver com nossos alunos nassalas de aulas, nas formas de avaliar o aproveitamento escolar. É preciso que se tenha muito claro que tanto o direito à igualdade quanto à diferença devem estar presentes, daí aprendermos a andar no fio da navalha, ou seja, equilibrando-nos entre a igualdade e a diferença, porque há momentos em que a igualdade tem que ser considerada e em outros que a diferença precisa ser vista e atendida, mas...
tracking img