Particionamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7363 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
dIntrodução
Duas das primeiras decisões que novos usuários de sistemas GNU/Linux têm de tomar, dizem respeito a qual esquema de particionamento e a qual sistema de arquivos eles devem utilizar.
Apesar de parecerem dúvidas banais e corriqueiras para a maioria dos usuários, estas escolhas podem ser decisivas para o bom desempenho do sistema, bem como para a segurança das informações nelearmazenadas.
Este artigo busca trazer ao leitor um esclarecimento sobre vantagens e desvantagens de se usar mais de uma partição para a instalação de sistemas GNU/Linux e os principais tipos de sistemas de arquivos utilizados no GNU/Linux, com descrições, comparações e indicações de uso para eles.
O leitor não encontrará neste artigo, conteúdo do tipo "como particionar/formatar um disco rígido";"como, em uma dada distribuição, adicionar suporte a um determinado sistema de arquivos"; "como usar certo(s) programa(s) de particionamento" e etc. O conteúdo aqui é bastante teórico e visa instruir o leitor sobre "qual o melhor caminho a se trilhar", em vez de ensinar "como trilhar o caminho".
Na seção 2 é apresentada a definição e os conceitos básicos de particionamento de discos rígidos, bemcomo as vantagens e desvantagens de se utilizar mais de uma partição para instalação do GNU/Linux e um exemplo de esquema de particionamento.
Na seção 3 é apresentada a definição de sistemas de arquivos, além dos principais tipos de sistemas de arquivos utilizados no GNU/Linux, contendo uma breve descrição sobre cada um e resultados de alguns benchmarks feitos com eles.
Na seção 4 é apresentada aconclusão do artigo, seguida pelas referências usadas para o desenvolvimento do mesmo, na seção 5.

Particionamento
2.1. Definição e primitivas
Particionamento pode ser definido, tecnicamente, dentro da informática, como o ato de se associar várias unidades lógicas a uma unidade física. É a ação de se dividir logicamente um dispositivo de armazenamento de dados (normalmente um disco rígido),de forma com que se trabalhe com cada divisão (partição) como se esta fosse um disco rígido independente.
O uso mais comum do particionamento em discos rígidos é para a instalação de mais de um sistema operacional no computador [LSAG 2006]. Dessa forma, cada sistema operacional fica restrito à sua partição e não entra em conflito com os demais. Caso não houvesse o recurso de particionamento,segundo [LSAG 2006], para cada sistema operacional que se desejasse utilizar no computador, seria necessário um disco rígido exclusivo para a sua instalação.
Existem basicamente, três tipos de partições: partições primárias, partições estendidas e partições lógicas. De acordo com [LSAG 2006], o esquema original de particionamento de discos rígidos para PCs, permitia apenas a criação de quatropartições primárias, mas logo surgiu a necessidade de se utilizar mais partições.
Para solucionar este problema, as partições estendidas foram concebidas. Este tipo de partição funciona quase como uma partição primária. A primeira grande diferença entre elas, segundo [Piropo 2006], é o fato de que partições estendidas não podem ser utilizadas para se inicializar o computador, portanto não podem conteros arquivos de inicialização de um sistema operacional.
Dessa forma, estes arquivos devem estar dentro de uma partição primária. [Piropo 2006] ainda diz que, pelo fato de somente um sistema operacional poder ser usado por vez no computador, somente uma partição primária pode estar apta a inicializar o sistema e esta partição recebe o nome de partição ativa.
A segunda grande diferença entrepartições primárias e estendidas, é que, diferentemente de partições primárias, partições estendidas não podem ser utilizadas, diretamente, para alocação de dados.
Para que as partições estendidas possam ser utilizadas, é necessário que sejam divididas em partições lógicas, sendo que estas últimas serão utilizadas de fato. Assim, partições estendidas devem ser encaradas como contêineres de...
tracking img