Parnasianismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (482 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estácio de Sá – 1º semestre de 2008
Trabalho de Avaliação de Literatura Brasileira II Prof. Francisco José
Alunas: Aline Godinho, Irma Clausi, Tatiana Peixoto


Questão 1 (vale3 p.) – Sabemos que há aspectos em comum entre as propostas estéticas do parnasianismo e do simbolismo, bem como nítidos pontos de divergências. Enumere os aspectos em que as duas escolas assumemposições convergentes, destacando a presença de tais tópicos no poema acima.


R. Um dos aspectos convergentes que possuem as escolas parnasianas e simbolistas é a preocupação com a forma, sonoridade.No poema Ironia de Lágrimas de Cruz e Souza há uma preocupação com a forma, pois é um soneto que obedece a métrica, dois quartetos e dois tercetos, tendo uma rima ABBA/ABBA EED/EED.
Embora apoesia parnasiana possua como característica o materialismo e o simbolista o espiritualismo, ou seja, coisas abstratas, ambas possuem subjetivismo. Podendo perceber tal fato do referido poema nos versos:“ Andando rindo junto à sepultura” e
“ Do nosso corpo, Fausto semventura”.....


Questão 2 (vale 3 p.) – Logo em seu primeiro verso, o poema delineia um jogo de antíteses “vida” x “morte” , tópico privilegiado da produção dos simbolistas. Dentro desse contexto, qual opapel assumido pela metáfora da loba, presente na última estrofe?


R. O poeta simbolista tem como tópico privilegiado o tom espiritualista , na poesia em questão o autor faz uso de uma metáfora aodescrever a morte de forma personificada quando se refere a mesma como uma loba que devora os sonhos, destacando assim a sua função que é de tirar vidas e interromper os sonhos sem nenhuma distinção,ninguém é imune a ela.




Questão 3 (vale 2 p.) – Com base no que estudamos em sala, bem como no que diz o crítico Alfredo Bosi, podemos afirmar que o simbolismo defendia o retorno aos...
tracking img