Parecer dos auditores independentes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O Parecer dos Auditores Independentes sobre Demonstrações Contábeis: uma abordagem sobre o parecer-padrão, atualmente em vigor no Brasil. (*)

Edson Carlos dos Santos** Anísio Candido Pereira*** Resumo A auditoria independente das demonstrações contábeis constitui o conjunto de procedimentos técnicos que tem por objetivo a emissão do parecer, sobre a adequação com que estas representam aposição patrimonial e financeira da entidade auditada, consoante as Normas Brasileiras de Contabilidade e legislação específica no que for pertinente. No Brasil, o Conselho Federal de Contabilidade – CFC, por meio da Resolução n.º 820, de 17 de dezembro de 1997 - com algumas alterações posteriores -, estabelece o modelo padrão do parecer dos auditores independentes, atualmente em vigor. O parecer deAuditoria destinase, em geral, aos: acionistas, diretores, administradores, analistas de mercado, entidades financeiras, etc. Desta forma, este documento se torna relevante para seus usuários, já que, as informações contidas em sus interior são de extrema importância. Este artigo aborda, de forma sucinta e objetiva, a forma de redação do parecer-padrão, relatando sua origem, evolução, estrutura e osquatro tipos de pareceres existentes, atualmente em vigor no Brasil. Palavras-Chaves:Auditoria Independente, Demonstrações Contábeis, Parecer. Abstract The independent auditorship of the countable demonstrations constitutes the set of procedures technician who has for

objective the emission of seeming, on the adequacy with that these represent the patrimonial and financial position of the auditedentity, consonant the Brazilian Norms of Accounting and specific legislation in that it will be pertinent. In Brazil, the Federal Advice of Accounting CFC, by means of the Resolution n.º 820, of 17 of December of 1997 - with some posterior alterations -, establishes the model standard of seeming of the independent auditors, currently in vigor. Seeming of Auditorship is destined, in general, to:shareholders, directors, administrators, financial analysts of market, entities, etc. Of this form, this document if becomes excellent for its users, since, the information contained in sus interior are of extreme importance. This article approaches, of form sucinta and objective, the writing form of the seem-standard, telling its origin, evolution, structure and the four types to be seemedexisting, currently in vigor in Brazil. Keys Words: Independent Auditorship, Countable Demonstrations. (*) Artigo apresentado no IV SINCOMP – Simpósio Nacional de Gestão de Competências Organizacionais, realizado na FECAP, no período de 03 a 05/11/2004 – São Paulo-SP.

Edson Carlos dos Santos- Anísio Candido Pereira

1. Introdução Conforme Franco e Marra (1982, p. 30), a auditoria surgiu comoconseqüência da necessidade de confirmação dos registros contábeis, em virtude do aparecimento das grandes empresas e da taxação do imposto de renda, baseado nos resultados apurados em balanços. Sua evolução ocorreu paralelamente ao desenvolvimento econômico, que gerou as grandes empresas, formadas por capitais de muitas pessoas, que têm na confirmação dos registros contábeis a proteção ao seupatrimônio. Como conseqüência, as demonstrações contábeis passaram a ter importância muito grande para os futuros investidores. Assim, como medida de segurança conta a possibilidade de manipulação de informações, passou-se a exigir que essas demonstrações fossem examinadas por um profissional independente da empresa e de reconhecida capacidade técnica, surgindo assim a figura do auditor externo ouindependente. A auditoria independente das demonstrações contábeis constitui o conjunto de procedimentos técnicos, que tem por objetivo capacitar o auditor a emitir um parecer sobre a adequação com que estas representam a posição patrimonial e financeira, o resultado das operações, as mutações do patrimônio líquido e as origens e aplicações de recursos da entidade auditada, consoante as Normas...
tracking img