Osteoporose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3704 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
THE RELATIONSHIP BETWEEN OSTEOPOROSIS AND MUSCULAR STRENGHT TRAINING IN POST-MENOPAUSE AND ELDERLy WOMEN
EDUARDO GOTTHARD VON BUETTNER PASTOR 1, MARIA DE FáTIMA F. V. SIPOLI 2
¹ Graduando do Curso de Educação Física da Universidade Positivo. ² Orientadora: Professora do curso de Educação Física da Universidade Positivo. Graduada em Educação Física pela UFPR e em Fisioterapia pela UTP.Especialista em Anatomocinesiologia do Aparelho do Movimento pela UTP. Mestre em Educação e Trabalho pela UFPR. RESUMO O presente estudo teve como objetivo verificar se o treinamento de força auxilia na prevenção e na desaceleração do quadro de osteoporose em mulheres pós-menopáusicas e idosas. Mostraram-se as evidências possíveis quanto à evolução da massa mineral óssea analisando o papel dos exercíciosde força muscular nesse contexto. A revisão da literatura aponta para uma resposta positiva para manutenção ou aumento da massa mineral óssea com o treinamento de força em mulheres pós-menopáusicas e idosas. Palavras-chave: densidade mineral óssea; força; menopausa. 1 INTRODUÇÃO Com a evolução da procura por atividade física, tem aumentado o interesse de muitos idosos pelo treinamento de força(TF), que vem relacionando-se, entre outros fatores, com o aumento da densidade mineral óssea (DMO). Assim, é crescente o interesse em determinar os benefícios do treinamento de força para prevenção e desaceleração no quadro de osteoporose. Essa idéia é respaldada por evidências que demonstram a associação entre a prática do TF e o aumento da DMO. Sabe-se que mudanças significativas na composiçãocorporal com o avanço da idade podem levar ao desenvolvimento de danos funcionais físicos e a lesões. A redução de massa óssea com a idade não só torna as atividades da vida diária mais difíceis, como aumentam os riscos de quedas, fraturas no quadril e incapacidades funcionais.(1)
1 2

Osteoporose “é uma doença degenerativa causada pela perda gradual de proteínas e minerais ósseos”.(2) Estudosmostram que o “indivíduo ativo ou atlético tem uma DMO significativamente aumentada quando comparada com o controle de sedentários”.(3) Sobre esse aspecto, Wescott e Baechle(2) afirmam que o TF é a melhor alternativa para obter músculos maiores e mais fortes. Além disso, diz que, “como a condição muscular determina, com grande correlação, a condição óssea, músculos fracos levam a ossos fracos emúsculos fortes levam a ossos fortes”. Ainda Faria Junior, Cunha Junior, Nozaki e Rocha Junior(4) citam que “o treinamento de força é uma atividade que desenvolve um sistema músculoesquelético mais forte e ajuda os ossos a resistirem à deterioração”. Melhoras significativas na força muscular, massa muscular, DMO e capacidades funcionais têm sido observadas em pessoas

e-mail: gotthaskein@hotmail.come-mail: fatima.sipoli@unicenp.edu.br

RUBS, Curitiba, v.1, n.1, p.41-4, jan./abr. 2008

artigos \ relação da osteoporose com treinamento de força muscular em...
41

RELAÇÃO DA OSTEOPOROSE COM TREINAMENTO DE FORÇA MUSCULAR EM MULHERES PÓS-MENOPáUSICAS E IDOSAS

artigos \ relação da osteoporose com treinamento de força muscular em...

mais velhas que participaram em programas de TFprogressiva.(1) Pretende-se, nesta revisão de literatura(5), aprofundar o entendimento sobre a relação do TF associado com a osteoporose para mulheres pós-menopáusicas e idosas, bem como analisar fisiologicamente a redução de massa óssea e a ocorrência de osteoporose investigando se o TF pode prevenir e diminuir a deteriorização da DMO nesta população. 2 DESENVOLVIMENTO A senilidade está associada a umaperda progressiva tanto de minerais quanto da matriz dos ossos. Embora aconteça com tantos outros temas relacionados ao envelhecimento, não está claro se é um processo inevitável, reflexo de uma diminuição da atividade física habitual ou de alterações patológicas.(6) A importância de se ter uma massa mineral óssea é extrema, responsabilidade quase que absoluta do cálcio, pois Mcardle, Katch e...
tracking img