Ossos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1094 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
As Teníases

Tênia Solium e Tênia Sagnata, são parasitoses que na fase adulta tem o homem por único hospedeiro normal. A doença que produzem é a teníase, que apresenta o mesmo quadro qualquer que seje a espécie de tênia em causa. O termo popular “solitária” refere-se a ambas. Na fase larboria, tênia solium parasita obrigatoriamente o porco e tênia saginata os bovídeos, sendo, portanto parasitoseste noxeno em todas as fases do ciclo biológico. Este depende inteiramente das relações entre o homem e o porco, ou entre o homem e o gado, razão pela qual pode se prever que, com medidas adequadas, possível controlar ambas as zoonoses.

Principais Doenças e Clinicas

A solida fixação das tênias à mucosa intestinal, os estudos anatomopatológicos não revelam produção de lesões a esse novel. Ateníase e frequentemente assintomática, tornando-se o individuo, consciente do parasitismo apenas depois de ter ele constatado a expulsão de proglotes.

Infecção por tênia magnata a presença de T. magnata causa mais alterações da motrocidade e da secreção digestiva do que alterações anatomopatológicas da mucosa. Quase 70% dos casos há uma redução da secreção gástrica.

Nos casos típicos, apósum período de incubação de dois ou três meses, surgem perturbações gastrointestinais, principalmente dor epigástrica com caráter de dor e fome, outra manifestação frequente e a perca de peso.

A manifestação clinica que aparecem em um terço dos casos, são: dor abdominal, náuseas, astenia e perda de peso. Em alguns há cefaleia, vertigens constipação intestinal ou diarreia e prurido anal.Infecção por T. solium produzem no homem uma firma de teníase que, em geral, é menos evidente que a causada pela T. Saginata. O verme é menor sua proglotes é menos ativa e se eliminam com as misturas com as fezes. Passam muitas vezes despercebidas.

A gravidade dessa tênia decorre de ser o homem além de hospedeiro potencial das larvas, de que se resulta a cisticercose humana.

Diagnostico dasTeníases

Às vezes e feito pelo próprio paciente.

Encontra-se às vezes proglotes livre que são eliminados durante a evacuação.

As t. saginata forçam a passagem pelo orifício anal, às vezes são encontradas nas peças intimas ou roupas de cama o que logo chama atenção do paciente.

As T. solim costumam ser expulsos passivamente de misturas com as fezes ou no fim do ato defecatório.

Pesquisasde proglotes o medico e quem primeiro levanta a suspeita de teníase torna-se necessário buscar as proglotes nas fezes, este método e mais indicado para confirmação do diagnostico.

A técnica a empregar é a tanisaçao. O bolo fecal deve ser desjeito em agua e passado em peneiras finas para reter as proglotes.

Pesquisa de ovos nas fezes pode ser encontrada por quaisquer técnicas correntes. Masos exames negativos não excluem a possibilidade de parasitismo. O diagnostico microscópico de espécie, não é possível pela semelhança morfológica entre os ovos da T. solim e T. saginata pesquisa de ovo coma fita adesiva é a melhor técnica para encontrar os ovos de Tênia é busca- lós na pele da região perianal, operando com luvas e procedendo depois desinfecção do material usado.

O método da fitaadesiva transparente consiste em aplicar contra a superfície dessa região. Essa técnica e capaz de revelar 90% das infecções por T saginata, sendo menos eficiente se o parasito T. solim. O exame é sempre negativo no inicio do parasitismo (cerca de três meses) ou quando expulsão de anéis é interrompida, como sucede após a eliminação de um longo segmento do estabulo.

Tratamento e controle deCura

Antes do tratamento é preciso que a espécie da tênia presente seja identificada. Não só para orientar a terapêutica como para prevenir o paciente sobre riscos futuros, em caso de infecção por T. solium.

Se o parasitismo é exclusivamente por T. saginata e não a indicio algum de cisticercose a escolha pode ser feita entre varias drogas cestocidas.

Quando se trata de infecção por t....
tracking img