Os tempos do texto na sala de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (743 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
OS TEMPOS DO TEXTO NA SALA DE AULA
Maria InêsPagliarini Cox.
Nos anos 60, desencadeou uma virada pragmática no campo da linguística, o desejo de uma ruptura com o tradicional ensino da língua, baseada na forma. O que seria essa viradapragmática? Um novo modelo de ensino começa a estabelecer-se o uso da língua, tendo o texto como base. O texto tem significados diversos como uma unidade de significação, produto concreto da interação deseus usuários e como discurso.
Nos anos 70, a história do texto na sala de aula começou a ser escrita, tendo a virada pragmática com elemento de idéias. No século XX, a linguísticaconcentra-se no estudo da forma, deixando de lado os usos da língua. Émile Benveniste levanta um problema que persegue toda linguística moderna, a relação "forma e sentido", em que muitos linguísticas desejavamdiminuir a noção única de forma, sem conseguir libertar-se do sentido, o centro da língua.
Émile Benveniste recusando-se a abrir mão do sentido, abre o estudo - a fala, enunciação, discurso.Havendo uma linguística que se interessa pelos usos da língua, pelo discurso. Enquanto a linguística da lígua aplica-se sobre a fonética e fonologia, a linguística do discurso aplica-se sobre oenunciado e texto. O campo da linguística expandiu-se na segunda metade do século XXI, com a formação de disciplinas como: a linguísitca textual, pragmática, análise do discurso, entre outras. Alinguística do discurso requer que os alunos, ao interagirem, produzem textos, não palavras e frases, em desenvolvimento da comunicação dos alunos.
Com a virada pragmática da linguística no Brasil, otexto destaca-se como unidade nuclear, o ensino da língua materna. Assim o texto entra definitivamente na sala de aula, o que é para ser uma gramática no texto, vira uma gramática no texto. A...
tracking img