Os pais da sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Os três Pais da Sociologia

A Sociologia nasceu em meados do século XIX, em plena Revolução Industrial Européia.
De várias formas, foi uma resposta a esse processo, à medida queos jornalistas da época registravam a exploração, pobreza, opressão e miséria da classe trabalhadora.
Karl Marx não se considerava a si próprio um sociólogo, mas analisou a mudançasocial revolucionária e identificou como dinâmica mais importante dessa mudança o conflito entre os trabalhadores e os proprietários das fábricas.
Dos seus escritos surge uma das trêsprincipais perspectivas da sociologia desenvolvida - a abordagem do conflito.   Ele próprio não inventou o termo nem a perspectiva.
Max Weber opôs-se à abordagem materialista de Marxe afirmou que o fator que conduziu à mudança social foi a mudança de ideias, valores e crenças que surgiu da reforma Calvinista ou Protestante.
Embora ele não tenha inventado otermo nem a abordagem, os escritos de Weber contribuíram para aquilo que é hoje a perspectiva da interação simbólica.
Também Durkheim se opôs a Marx, embora de formas diferentes.Debruçou-se sobre a noção de "fato social" e sugeriu que esta se referia a taxas estatísticas de qualquer atividade e não à atividade pessoal de um indivíduo.
Ele argumentou que não se devemtentar explicar eventos sociais com base em eventos individuais, um método conhecido como reducionismo.
Embora ele não tenha inventado o termo nem a abordagem, os escritos deDurkheim, contribuíram para aquilo que é hoje conhecido como funcionalismo.
Enquanto se levantavam enormes discussões nas ciências sociais entre os apoiantes destas três abordagens, aabordagem pós-moderna, tal como consta neste website, sugere que as três abordagens são válidas e que obteremos uma visão mais profunda da sociedade se empregarmos as três em simultâneo
tracking img