Os Maias - sarau da trindade -critica

Páginas: 2 (392 palavras) Publicado: 7 de maio de 2014
A superficialidade das conversas, a insensibilidade artística, a ignorância dos dirigentes, a oratória oca dos políticos e os excessos do Ultra-Romantismo constituem os objectivos críticos doepisódio do sarau literário do Teatro da Trindade. Ressalta a falta de sensibilidade perante a arte musical de Cruges, que tocou Beethoven e representa aqueles poucos que se distinguiam em Portugal peloverdadeiro amor à arte e que, tocando a Sonata Patética, surgiu como alvo de risos mal disfarçados, depois de a marquesa de Soutal dizer que se tratava da “Sonata Pateta”, tornando-o o “fiasco” da noite.Nota-se que o público alto-burguês e aristocrata que assistia ao sarau é pouco culto, exaltando a oratória de Rufino, um bacharel transmontano, que faz um discurso banal cheio de imagens do domíniocomum para agradecer uma obra de caridade de uma princesa, recorrendo ainda a artificiosismos barrocos e ultra-românticos de pouca originalidade, mas no final as ovações são calorosas demonstrando afalta de sensibilidade do povo português

— Revela-nos aspetos caricatos da sociedade lisboeta: o gosto pela verborreia oca; a total falta de sensibilidade estética para apreciar o talento; a lágrimafácil perante o exagero poético romântico; a superficialidade das conversas.
O primeiro interveniente é Rufino, um orador tido como sublime; a sua retórica vazia, quase barroca, traduz a sensibilidadeliterária da época; a sua bajulação à família real evidencia a idolatria em relação a quem o pode promover.
A sátira social é dirigida ao atraso cultural e ao provincianismo do país. Por exemplo, abaronesa fala com desdém da música clássica de Cruges, sugerindo que este tocasse uma cantiga popular; ao mesmo tempo, elogia a ridícula declamação do Rufino. Também as outras senhoras mostramignorância quanto à composição de Beethoven, chegando a marquesa do Soutal a designá-la por “Sonata Pateta”. Tudo isto provoca riso e gera desrespeito face à atuação de Cruges.
Esta passagem confirma a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Maias- sarau na trindade
  • Os Maias
  • "O Sarau da Trindade"
  • O sarau da trindade
  • Português e linguagem o sarau da trindade
  • Sarau da trindade
  • Sarau da trindade
  • sarau na trindade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!