Os fundamentos do conhecimento na vida cotidiana (pp. 35 – 68) - a construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (547 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Os Fundamentos do Conhecimento na Vida Cotidiana (pp. 35 – 68).

BERGER, Peter & LUCKMANN, Thomas. A Construção Social da Realidade: Tratado de Sociologia do Conhecimento. Petrópolis: Vozes, 1976O proposito dos autores é fazer uma análise sociológica do conhecimento que dirige a conduta na vida diária.
Para isso, os autores procuram explicar sua visão sobre a realidade da vida cotidiana.Segundo eles, “O mundo da vida cotidiana (…) é um mundo que se origina no pensamento e na ação dos homens comuns, sendo afirmados como real por eles.” (p.36).
Nossa consciência move-se através dediferentes esferas da realidade, o que significa que temos consciência de que o mundo consiste em múltiplas realidades. Mas dentre essas realidades, apenas uma é a realidade por excelência. É aquelaque experimentamos no estado de total vigília, que está organizada em torno do “aqui” e do “agora”. A essa realidade, o autor chama “realidade da vida cotidiana”.
O mundo da vida cotidiana tem basesespaciais e temporais. Espaciais pois nossas zonas de manipulação frequentemente entram em contato com as zonas de manipulação dos outros. O tempo é tanto social como consciente. Tanto nosso organismoquanto a sociedade nos impõem a ideia de sequência de tempo.
A realidade da vida cotidiana é partilhada com outros. O seu conhecimento dos outros determina o seu sucesso ou seu fracasso nas suasrelações com estes. Obviamente, no início de qualquer conversa há uma anonimidade inicial. A expressividade do outro lhe dará uma ideia inicial de quem ele é. A medida que você vai conhecendo-o, que elevai se tornando acessível a você, será rompida a ideia inicial e a outra pessoa, até então anônima, se manifestará como um indivíduo único e atípico. O grau de interesse e intimidade fazem variar oanonimato da experiência. Como o conhecimento do outro depende da sua observação dele, o melhor meio de conhecê-lo é na situação face a face. Obviamente, é possível que se faça uma interpretação...
tracking img