Os escritores da liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (286 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FEFRENN
FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE FILOSOFIA E RELIGIÃO NORTE E NORDESTE
CNPJ. N° 03.523.808-0001-41 CURSO DE NATUREZA JURÍDICA LIVRE
Amparo Constitucional e Regulamentação Pela Lei9394/96 Dec. Lei n° 051-69

Prática de Ensino III
Análise do filme: Escritores da liberdade

Ao começar lecionar na escola, a professora Erin percebe que não era comimaginava. A turma era heterogênea isto é dividida em gangues e etnias. A professora era vista pelos alunos, como representante do domínio dos brancos, eles a entendem como responsávelpor fazer com que eles se sujeitem a dominação dos valores dos brancos. Suas iniciativas para conseguir quebrar essas barreiras aos relacionamentos na sala de aula vão, uma a umaresultando em frustrações.
Aos olhos dos outros professores os alunos eram vistos como delinqüentes e desprovido de inteligência. Mesmo assim Erin não desiste de tentarsuperar as barreiras encontradas, toma um rumo extraordinário quando a professora passa o diário de Anne Frank, isto porque ela vê a semelhança entre a perseguição dos judeus e osdesclassificados jovens adolescentes, imigrantes americanos. Em meio de tanta violência, desigualdade e desprestigio , a professora lança o olhar as experiências daqueles jovens, motivando-os a lere escrever sobre suas vidas.
Ao criar um projeto de leitura escrita a professora Erin faz atividades com que os alunos se interessassem mais, os aluno vão se engajandonos seus escritos nos diários, e trocando experiência de vida, passam a viver de forma mais tolerante. Partindo do exemplo de Anne Frank, consegue mostrar aos alunos que os impedimentose situações de exclusão e preconceito pode afetar a todos, independentemente da cor da pele, da origem étnica ou de religião.
Assinatura do acadêmico : ______________________________
tracking img