Os dezcaminhos do meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1692 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UERN/FACEM
Gestão Ambiental
Disciplina: Cultura e Natureza
Professora: Melissa Rafaela Costa Pimenta
Alunos: Carlos Eduardo, Josevânia de Paiva, Karoline Franco, Rivailton Weber, Thamires Barbosa.

RESENHA: GONÇALVES, Carlos Walter Porto. O conceito de natureza não é natural. In:_____. Os (dez) caminhos do meio ambiente. 14. ed., 1ª reimpressão. – São Paulo, SP: Contexto, 2008, p. 23-35.Carlos Walter Porto Gonçalves é um geógrafo humano Brasileiro, e autor de livros sobre geografia social, graduado em Geografia (1972), Mestre em Geografia (1985) e Doutor em Ciências (1998) todos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal Fluminense, pesquisador do CNPq e do Conselho Latino Americano de Ciências Sociais - CLACSO. Tem várioslivros e artigos publicados em revistas científicas no Brasil e no exterior. Em 2008 ganhou o Prêmio Casa de las Américas (Cuba) em literatura brasileira por seu livro A Globalização da Natureza e a Natureza da Globalização, Ed. Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 2006. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Social, atuando principalmente nos seguintes temas:território-territorialidade, conflito social, movimentos sociais e saber local.
O conceito de natureza não é natural
Quando se trabalha com problemas ecológicos é comum atentar-se para outros paradigmas de sociedade como modelos de relação entre o homem e a natureza, pois cada sociedade ver e se relaciona com a natureza de uma forma diferente, sendo assim o conceito de natureza não é natural, mas sim umconceito atribuído pelos homens.
A natureza é tudo aquilo que tem característica fundamental ao fato de ser natural, ou seja, envolvendo todo o ambiente existente que não teve intervenção antrópica, partindo daí seu significado na qual diz que a natureza corresponde ao mundo material.O homem faz parte da natureza, está sempre em contato, dependendo de todos os elementos que a ela compõe e sua vidaestá ligada a ela. A natureza oferece vários minerais imprescindíveis na fabricação de todos os bens que usamos no dia a dia, porém o ser vivo mesmo sabendo de todos os benefícios que a natureza oferece, só pensa no seu bem estar e a destroem conscientemente.A contradição nas relações Homem-Natureza consiste principalmente nos problemas dos processos industriais criados pelo Homem. Esse processo évisto como gerador de desenvolvimento, empregos, conhecimento e maior expectativa de vida. Porém, o homem se afastou do mundo natural, como se não fizesse parte dele. Com todo esse processo industrial e com a era tecnológica, a humanidade conseguiu contaminar o próprio ar que respira a água que bebe, o solo que provém os alimentos, os rios, destruir florestas e os habitats animais. Todas essasdestruições colocam em risco a sobrevivência da Terra e dos próprios seres humanos. Mesmo que o homem tenha hoje uma maior consciência sobre sua intervenção no mundo natural, o que podemos até considerar um avanço, mediante as grandes degradações que já ocorreram até agora, ainda não há coerência suficiente. Ou seja, muitas ações deveriam ser colocadas em prática para a preservação do meio ambientecomo um todo. O que vemos atualmente é que os índices de degradação aumentaram, enquanto de um lado existem muitos lutando por um mundo melhor para todos, de outro lado, a grande maioria busca seu próprio crescimento econômico, com o objetivo de consumir cada vez mais, e como consequência, consumir mais recursos naturais, ocasionando a degradação, sem se preocupar e muitas vezes sem saber, queesses recursos muitos são renováveis e não são infinitos.Todavia, pode-se dizer que a natureza é em nossa sociedade um objeto a ser dominado pelo homem, mesmo sabendo que nem todos os homens são proprietários da natureza, mas que maioria das suas ações interfere poderosamente nas relações naturais em função das atividades produtivas, por causa da economia, da tecnologia e de fatores culturais....
tracking img