Os anticorpos que me odeiam: a síndrome de guillain barré

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1502 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO
Para conhecer a Síndrome de Guillain-Barré é necessário explanar a respeito do Sistema Nervoso Periférico. Basicamente o Sistema Nervoso Periférico é constituído pelos nervos e gânglios nervosos e sua função é conectar o sistema nervoso central às diversas partes do corpo humano, ele e dividido em nervos sensitivos, nervos motores e nervos mistos
Nervossensitivos são os que contêm somente fibras sensitivas, que conduzem impulsos dos órgãos sensitivos para o sistema nervoso central. Nervos motores são os que contêm somente fibras motoras, que conduzem impulsos do sistema nervoso central até os órgãos efetuadores (músculos ou glândulas). Nervos mistos contêm tanto fibras sensitivas quanto motoras. Destacam-se ainda os nervos espinais que apresentam-se empares ao longo da medula, um par por vértebra. Cada nervo do par liga-se lateralmente à medula por meio de duas "raízes", uma localizada em posição mais dorsal e outra em posição mais ventral. A raiz dorsal de um nervo espinal é formada por fibras sensitivas e a raiz ventral, por fibras motoras.
O SNP em quanto suas funções esta dividido em SNP voluntario e SNP autônomo, o SNP voluntario tem comofunção reagir a estímulos provenientes do ambiente externo, ele é constituído por fibras motoras que conduzem impulsos do sistema nervoso central aos músculos esqueléticos, já o SNP autônomo tem como função regular ambiente interno do corpo, controlando a atividade dos sistemas digestivos, cardiovascular, excretor e endócrino. Ele contém fibras nervosas que conduzem impulsos do sistema nervosocentral aos músculos lisos das vísceras e à musculatura do coração.

2. SINAPSE E BAINHA DE MIELINA
Os neurônios em sua forma estrutural são compostos por um corpo celular, axônio, dendritos e telodendritos. A Bainha de Mielina é uma estrutura que envolve os axônios facilitando e acelerando a propagação do estímulo elétrico nos nervos periféricos a bainha é formada pelas células de Schwann (célulaglial que produz a mielina), e no sistema nervoso central por células chamadas oligodendrócitos (função semelhante à célula Schwann). A bainha de mielina e formada por lipídeos (70%) e proteínas (30%).
As sinapses são a “forma de contato” entre um neurônio e outro, são impulsos que fazem essa conexão, esses impulsos podem ser integrado, bloqueado e modificado. Há duas formas de sinapses asinapse química e a sinapse elétrica.

3. SÍNDROME GUILLAIN-BARRÉ
Segundo LANDRY citado por SOUZA e SOUZA (2007) em 1916, três médicos parisienses: Georges Guillain, Jean Alexander Barré e André Strohl, demonstraram a anormalidade característica do aumento das proteínas com celularidade normal, que ocorria no líquor (Liquido cefalorraquidiano) dos clientes acometidos pela doença.
A síndrome deGuillain Barré é uma neuropatia periférica progressiva autoimune, que afeta os músculos do organismo humano. A SGB é habitualmente caracterizada por fraqueza ou paralisia que acomete mais de um membro; em geral, é simétrica e associada à perda dos reflexos tendinosos e aumento da concentração de proteína no líquido cefalorraquidiano. (GOLDMAN apud SOUZA; SOUZA; 2007, p.92).
Segundo Nascimento(2006) citado por SOUZA e SOUZA o principal aspecto patológico da síndrome de Guillain Barré é a desmielinização segmentar dos nervos periféricos, o que impede a transmissão normal dos impulsos elétricos ao longo das raízes nervosas e sensório motoras. SGB causa inflamação e alterações degenerativas nas raízes nervosas posteriores (sensoriais) e anteriores (motoras). Por isto é que os sinais de perdassensoriais e motoras ocorrem de modo simultâneo. Além disso, a transmissão nervosa autônoma pode ser prejudicada.
Segundo SOUZA e SOUZA as lesões fisiopatológicas predominantes desta síndrome resultam da infiltração multifocal da bainha de mielina por células inflamatórias mononucleares ou da destruição da bainha de mielina mediada por anticorpos autoimunes. O indivíduo com SGB produz...
tracking img