Ortodontia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2410 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

[pic]

Cursos Técnicos
e Profissionalizantes








AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL











TRABALHO


ORTODONTIA E SEUS INSTRUMENTAIS





Cleonice
Elizangela
Gilda
Priscila










CURITIBA


2012.





Sumário


1. Introdução.......................................................................................................31.2 História da Ortodontia.....................................................................................4
1.3 O que é Ortodontia..........................................................................................5
1.4 Instrumentais Ortodônticos..............................................................................7
1.5Questões..........................................................................................................10
1.6 Conclusão........................................................................................................11
1.7 Referências 12



























1.1 Introdução





Este trabalho tem como objetivo entender a história, mostrar osconhecimentos básicos e expor alguns dos instrumentais específicos e indispensáveis para a ortodontia. Sendo uma especialidade da odontologia, a ortodontia se preocupa com o ser humano como um todo, organismo e funções, e não apenas com a estética.1.2 História da Ortodontia



A ortodontia é mais antiga das especialidades da odontologia. Em 1992, pesquisadores ingleses encontraram uma múmia, nas margens do rio Nilo, no Egito, com idade estimada por arqueólogos entre 3000 e 2500 anos de idade, que tinha uma espécie de aparelho dentário. Era uma tira demetal, que prendia os dentes mais tortos da múmia.
Hipócrates e Aristóteles, na Grécia antiga, já discutiam idéias sobre como corrigir dentes tortos. Já os etruscos, prendiam as arcadas de seus mortos com tocos de madeira para que eles não caíssem no túmulo. Pois acreditavam que, assim, o falecido manteria um belo sorriso na vida após a morte. E no século 1 a.C., o fisiologista romanoAurelius Cornelius Celsus escreveu um tratado em que recomendava a pressão dos dedos para corrigir os dentes. Nada se desenvolveu na ortodontia durante a Idade Média. Porém, em 1728, o dentista francês Pierre Fauchard escreveu o livro O Cirurgião Dentista. Nele, dedicou um capítulo inteiro às formas de corrigir os dentes. Fauchard inventou um aparelho chamado bandeau (em português, bandô) – umapeça de metal em forma de ferradura de cavalo, que ajudava a expandir a arcada dentária e assim acomodar dentes amontoados uns sobre os outros na boca. Daí a expressão “dentes encavalados”.
Mas a ortodontia moderna só veio 90 anos depois, em 1819, quando o doutor francês Gaston Delabarre inventou o fio metálico que é fixado entre os dentes. Em 1841, o dentista Joachim Lafoulon criou otermo “ortodontia”. Porém, quem alavancou essa nova ciência foi o norte-americano Norman W. Kingsley. Em 1880, ele escreveu o Tratado sobre Deformidades Orais, que exerceu enorme influência até a primeira metade do século 20. Entretanto, o que popularizaria o aparelho dentário seria a adoção, pelos dentistas, do aço inoxidável para fabricação de fios, bandas e braquetes – as três peças que formam oaparelho dentário -, que só veio a ocorrer no fim dos anos 1950.
Até o fim da década de 1970 o aparelho dentário era um objeto horrível, com extensões por fora da boca, conhecidas pelo apelido de estribo. Isso só mudou quando, em 1975, surgiu um adesivo que prendia com sucesso os braquetes diretamente nos dentes. No mesmo ano, um dentista de Beverly Hills, doutor Craven Kurz,...
tracking img