Origem do piano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3341 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTORIA DO PIANO

Na idade média, o Cravo, a Espineta e o Clavicórdio lutavam para se fazer ouvir contra orquestras em salas cada vez maiores e com mais público. Nesta mesma época, os construtores de instrumentos de cordas com teclas lutavam para melhorar as performances mecânicas e acústicas destes instrumentos. Por isso, o aparecimento de grandes inventos parecidos e oriundos de locaiscompletamente distintos era inevitavel. Foi o que aconteceu com Bartolomeu Christofori em 1711, Marius de Paris em 1716 e Christoph Schroter em 1717.
(GRAVICEMBALO)

Marius de Paris realizou 3 modelos experimentais de mecanismos com martelos que pretendia aplicar ao cravo. As suas novas propostas foram, nesse ano, apresentadas à Academia de Ciências, mas aparentemente nunca nenhum instrumento foiconstruído com esses novos sistemas, provavelmente porque um mecanismo com martelos, para ser eficaz, requer uma estrutura bastante diferente da do cravo ou do CLAVICÓRDIO, visto que necessitava de cordas mais pesadas e muito mais tensas.
Christoph Schroter, organista alemão, declarou que a ideia de um mecanismo com martelo lhe ocorreu depois de ouvir um enorme DULCIMER (instrumento já existentena época, e que tinha a capacidade de suportar a energia de um martelo). Esse novo mecanismo era substancialmente diferente do sistema do cravo. A ação desenvolvia-se em torno de um eixo, com o martelo executando um movimento de rotação mais enérgico do que o movimento vertical do saltério. Este sistema teve duas variações: uma com o martelo por cima das cordas e outra com o martelo por baixo dascordas. Apesar do espírito inventivo de Christoph Schroter, não se conhece nenhum instrumento construído por ele, aparentemente por falta de apoio do seu rei.

Os créditos do 1º instrumento completo e eficaz vão para Bartolomeo Christofori, que criou o “Gravicembalo Col Piano e Forte”.Christofori procurou idealizar uma evolução do CRAVO, um instrumento bastante parecido com o piano, e que naquela época, era o mais difundido instrumento de tecla, com a diferença de suas cordas serem tangidas por bicos de penas. O piano teve a sua primeira referência publicada no "Giornale dei Litterati d'Italia" em sua apresentação na cidade de Florença (capital da Toscana) em 1711. Tinha umacaixa parecida com a do cravo, em forma de asa, mas muito mais resistente para que pudesse suportar as cordas de aço, pesadas e tensas. Em 1720 Christofori completa o primeiro modelo "comercial". O mecanismo desse piano já mostrava importantes melhoramentos em relação ao modelo de 1711: Tinha sido acrescentado o sistema de "escape", um sistema que regulava a queda do martelo e um abafador por cadatecla, mas sem o pedal. Era um mecanismo que permitia tocar, de acordo com a intensidade executada pelo músico, desde o mais suave pianíssimo até ao fortíssimo, daí o nome que lhe foi atribuído, PIANO E FORTE.
(CRAVO)
Christofori faleceu em 1731 e não deixou outros seguidores além de Gottfried Silbermann, que copiou e deu seguimento às suas invenções. O mais talentoso seguidor de Silbermann foi umjovem de nome Johann Andreas Stein, que tomou como base os desenhos de Schroter e criou aquele que passaria a chamar-se o mecanismo de tipo alemão ou vienense. A grande época do desenvolvimento do PIANO E FORTE aconteceu entre o meio do Séc. XVIII e o fim do Séc. XIX. Foi também nessa fase que se começou a reduzir o tamanho, tentando passar do formato do tipo asa ou cauda, para os formatosverticais ou de mesa. Em 1745 C. E. Friederici construiu o primeiro PIANO vertical e cerca de 1758 o primeiro PIANO de mesa.
Este novo tipo tinha uma caixa retangular parecida com a do
clavicórdio, e suas cordas eram colocadas no sentido do maior comprimento, paralelas ao teclado. Ao longo desse período o nome “PIANO E FORTE” evoluiu para “PIANOFORTE” e depois para PIANO. Em 1775 já havia...
tracking img