Organograma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 49 (12230 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Catálogo de Produtos
e Informativo Técnico

E x p o r t a d o ra M u n d i a l
d e Te c n o l o gi a Au to m o t i va

Catálogo 2012

Sumário

Injeção Eletrônica
Sensor de Posição da Borboleta (TPS)
Sensor de Rotação (PMS-CKP)
Sensor de Pressão Absoluta (MAP)
Atuador da Marcha Lenta (IAC)
Tubo Corrugado
Guarnição da Flange do Módulo de Combustível
Diafragma Monoponto
Pré-Filtroda Bomba e Módulo de Combustível
Kit de Filtros para Bico Injetor
Regulador de Pressão

6
8
13
16
20
21
23
24
31
35

Carburação
Válvula de Agulha
Came de Aceleração
Kit Embuchamento
Pistão Injetor

Informativo Técnico

54
61
62
63
64

E xpo r t a dora M un di a l
de Tecn o lo gi a Autom o t i va

E x p o r t a d o ra M u n d i a l
d e Te c n o l o gi a Au to m ot i va

Injeção Eletrônica
Sensor de Posição da Borboleta (TPS)

O Sensor de Posição da Borboleta (Throttle Position Sensor - TPS) está acoplado ao eixo
da borboleta, com a finalidade de monitorar a posição do acelerador em um motor de
combustão interna.
Através do TPS, a Unidade de Comando Eletrônica (UCE) obtém informações instantâneas da
posição da borboleta de aceleração, as quaispermitem à central identificar a potência que o
condutor está requerendo. Estas informações são utilizadas no auxílio do cálculo do tempo
de injeção, avanço da ignição, entre outras estratégias de funcionamento.
Com uma nova tecnologia, o Sensor de Posição da Borboleta DS, traz um sensor eletrônico, o
qual isenta o produto de problemas de corrosão, desgaste e mau contato, garantindo maiorprecisão, repetibilidade e durabilidade.

Sensor de Rotação (PMS-CKP)

O sensor de rotação tem a finalidade de informar ao módulo de injeção um sinal elétrico que
possibilita a sincronização do sistema: tempo de injeção, avanço de ignição, ponto morto
superior do motor, etc.
Este sensor, montado com um imã permanente é uma bobina, se relaciona com a roda fônica
e produz um fluxo magnéticoalternando entre máximo (na posição do dente da roda) e
mínimo (na cavidade dos dentes).
Essa variação de fluxo magnético devido a passagem dos dentes é suficiente para gerar uma
tensão elétrica que varia de acordo com a rotação do motor.
Seu sinal é considerado vital para o início do funcionamento do motor.

Sensor de Pressão Absoluta (MAP)

O sensor de pressão absoluta, MAP (Manifold AbsolutePressure) informa à UCE a variação
da pressão no interior do coletor de admissão em função do regime de carga e da rotação
do motor, ou seja, informa a pressão a que está submetido o ar aspirado pelo motor.
Em regime de marcha lenta com a borboleta de aceleração totalmente fechada, a pressão
no interior do coletor de admissão é baixa, já com a borboleta totalmente aberta, a pressão
no interiordo coletor de admissão é alta.
A UCE utiliza as informações recebidas do sensor MAP e realiza os cálculos do avanço da
ignição e da quantidade de combustível a ser injetado no motor.
O MAP também mede a pressão atmosférica local toda vez que é ligada a ignição e com
esta informação, o sistema é capaz de se adequar automaticamente às variações de
altitude.
Podemos também encontrar o sensorMAP integrado cuja função é informar à UCE a
pressão no coletor de admissão descrita acima e também a temperatura do ar para que,
junto com a informação de rotação do motor, a unidade possa calcular o tempo de injeção
e o mapa de ignicão adequado.

Atuador da Marcha Lenta (IAC)

A finalidade do atuador da marcha lenta, IAC (Idle Air Control), também conhecido como
motor de passo, écontrolar a rotação do motor em regime de marcha lenta. Esta “válvula” é
controlada pela unidade de comando (UCE) e possui um motor de passo que dependendo da
carga do motor, aumenta a passagem de ar para o coletor de admissão.
Durante a marcha lenta a posição do obturador é calculada baseando-se nos sinais de
voltagem, temperatura do líquido de arrefecimento (ECT) e carga do motor (MAP).

Tubo...
tracking img