Ordem mundial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1425 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Prof. Rodrigo Carvalho Lucas de Freitas o início do século XXI é possível perceber uma série de mudanças na política e economia mundiais que só podem ser compreendidas se estudadas as relações de poder entre os Estados. A Ordem mundial representa exatamente essa divisão e distribuição de poderes no mundo. Em geral, elencam-se dois períodos importantes: a Velha Ordem Mundial, que se estendedo pós II Guerra ao fim da década de 1980, e a Nova Ordem Mundial, iniciada na década de 1990. Passaremos agora à analise dos dois momentos. Velha Ordem M undial A velha ordem mundial tem início com o fim da II Guerra Mundial e a emergência de duas novas potências: Estados Unidos (EUA) capitalista e União Soviética (URSS) – socialista. A partir daquele momento o mundo passa a ser BIPOLARIZADO, ouseja, dividido em duas grandes áreas de influência e domínio ora da potência capitalista, ora da potência socialista. Vigorava, pois, uma divisão ideológica muito clara entre o oeste (capitalista) e leste (socialista), que na Europa, onde tal contexto era mais evidente, deu origem à “cortina de ferro” (linha imaginária que separava a Europa capitalista da Europa socialista), (conf. Figura abaixo)Ordem Mundial

N

2

A maior concretização da referida divisão era o muro de Berlim, construído para separar a Alemanha Ocidental (capitalista e sob forte domínio estadunidense) e Alemanha Oriental (socialista e sob influência soviética). Além disso, foram criadas organizações cujo antagonismo era muito claro tanto no âmbito militar quanto no econômico. Os capitalistas criaram a OTAN(Organização do Tratado do Atlântico Norte) para reforçar a defesa contra possíveis ataques socialistas. Em contrapartida, os socialistas criaram o Pacto de Varsóvia, organização militar de defesa contra ataques capitalistas. No âmbito econômico a dicotomia se manifestava pela oposição existente entre o Mercado Comum Europeu (hoje União Europeia) e o COMECON (Conselho para assistência econômica mútuaentre países socialistas), ambas organizações de integração econômica. Os referidos antagonismos acabaram por gerar a Guerra Fria, um conflito ideológico entre as duas potencias que, apesar de não gerar confronto direto, intensificou as corridas armamentista (nuclear) e espacial. Era uma guerra de ameaças que não se concretizava pelo grande potencial bélico dos dois lados envolvidos. Entretanto, ébom ressaltar que durante a velha ordem mundial ocorreram alguns conflitos entre capitalistas e socialistas como a Guerra do Vietnã (1960 – 1973). No referido período um país era considerado potência se possuísse um arsenal bélico considerável. Ou seja, quanto mais armas, mais poder, mais influência. A velha ordem perdurou até o fim da década de 1980, quando o socialismo real começou a ruir. Aqueda do muro de Berlim (1989) e o desfacelamento da URSS colocaram fim ao período de bipolarização mundial e iniciou uma nova ordem. Nova Ordem M undial Com o fim da velha ordem o mundo passa a ser multipolarizado, ou seja, ter várias áreas de influência política e econômica. Isso ocorre porque as barreiras que antes dificultava as relações entre Estados capitalistas e socialistas praticamente sedissolveram. Países antes socialistas fizeram a transição (nem sempre tranquila) para o capitalismo, passaram a participar de organismos supranacionais antes frequentados apenas por Estados capitalistas. Como exemplo dessas transformações tem-se os países bálticos (Estônia, Letônia e Lituânia) que após o fim do socialismo no leste europeu fizeram a transição para o capitalismo e entraram para aUnião Europeia e para a OTAN (em 2004). O mundo passa a ser dividido em norte (países ricos e industrializados) e sul (países periféricos), como demonstra a figura abaixo.

3

As desigualdades econômicas ficam mais visíveis e intensas. Há uma tendência de maior concentração de renda nas mãos de grandes grupos industriais que ampliam sua atuação diante do fim de barreiras econômicas e políticas...
tracking img