Ontologia e epistemologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (593 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Pesquisa Aplicada em Comunicação
Jonas Pedruzzi

1. O que é ontologia.

Para Chrisian Wolff a ontologia trata do ser enquanto ser. O termo “ser” era entendido univocamente, como se tivesse umsó sentido. Segundo Wolff, o método da ontologia é dedutivo. O princípio principal que se aplica a tudo o que é é o da não contradição, que sustenta que uma propriedade do próprio ser é que não podeconjuntamente ter e não ter uma dada característica ao mesmo tempo. Daqui, pensava Wolff, seguia-se o princípio da razão suficiente, nomeadamente, que em todos os casos tem de haver alguma razãosuficiente para explicar por que qualquer ser existe em vez de não existir. O universo é uma colecção de seres, cada um dos quais tem uma essência que o intelecto é capaz de apreender como ideia clara edistinta. O princípio da razão suficiente é invocado para explicar por que a algumas essências foi concedida a existência e a outras não. As verdades sobre os seres são todas necessárias. Assim, aontologia nada tem a ver com a ordem contingente do mundo.
Kant tratava a ontologia como uma subdivisão da metafísica, incluindo esta a psicologia racional, mas distinguindo-se, neste caso, da psicologiaempírica, da cosmologia e do que Kant chamava a “ciência de Deus e do mundo”.
Com respeito à ontologia de Heidegger, o Padre Drennen tem talvez parcialmente razão. Heidegger queria explicar quecarácter tem o ser de ter para que a consciência humana seja o que é. Começa por ter uma rixa com o princípio da razão suficiente na forma que assumiu em Leibniz e Wolff. Isto, afirma, é um ponto de partidainadequado para a ontologia porque a pergunta “Por que há algo em vez de nada?” pressupõe que já sabemos o que são o ser e o nada.
No caso de Quine, o nome ontologia tem de facto sido dado a umconjunto bastante diferente de preocupações. Quine preocupou-se com duas perguntas intimamente relacionadas: A crença numa dada teoria compromete-nos com a existência de que tipo de coisa? E quais são...
tracking img