Oficina de portugues

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1310 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1
Notas: 1
(ITA) Determine o caso em que o artigo tem valor qualificativo:
Escolher uma resposta.
a. Muito é a procura; pouca é a oferta.
b. Procure-o, ele é o médico! Ninguém o supera.
c. Estes são os candidatos que lhe falei.
d. Certeza e exatidão, estas qualidades não as tenho.
e. Os problemas que o afligem não me deixam descuidado.
Alternativa B

O uso doartigo definido “o”, não apenas define como também qualifica o profissional.
Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 2
Notas: 1
(CESBRANRIO) “Noites pesadas de cheiros e calores amontoados...” Aponte a opção em que, substituídos os substantivos destacados acima, fica incorreta a concordância de “amontoado”.
Escolher uma resposta.
a. brisas e odores amontoadas
b. nuvense brisas amontoadas
c. odores e brisas amontoadas
d. nuvens e morros amontoados
e. morros e nuvens amontoados
Alternativa A

Quando se tem dois substantivos de gêneros diferentes o adjetivo concorda com o mais próximo ou fica no masculino plural. Resposta A (brisas e odores amontoados)

Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 3
Notas: 1
(FUVEST-SP) Leia osversos abaixo, pertencentes a uma cantiga de amigo, do trovadorismo português.
Ai, flores, ai flores do verde ramo
se sabedes novas do meu amado?
Ai, Deus, e u é
(sabedes = sabeis; u = onde)
Encontre no trecho acima um exemplo de derivação imprópria.

Escolher uma resposta.
a. “novas” (um adjunto empregado com valor de substantivo).
“amado” (verbo intransitivo de amar empregado comvalor de substantivo)
b. “novas” (um adjetivo empregado com valor de substantivo).
“amado” (verbo intransitivo de amar empregado com valor de substantivo)
c. “novas” (um adjunto empregado com valor de substantivo).
“amado” (particípio do verbo amar empregado com valor de substantivo)
d. “novas” (um adjetivo empregado com valor de substantivo).
“amado” (particípio do verboamar empregado com valor de substantivo)
Alternativa D

Derivação imprópria é o processo de alteração da classe da palavra (sem quaisquer alterações estruturais da palavra) em que esta passa a se referir a uma nova significação.

Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 4
Notas: 1
Só os roçados da morte
compensam aqui cultivar,
e cultivá-los é fácil:
simples questão deplantar;
não se precisa de limpa,
de adubar nem de regar;
as estiagens e as pragas
fazem-nos mais prosperar;
e dão lucro imediato;
nem é preciso esperar
pela colheita: recebe-se
na hora mesma de semear.
(João Cabral de Melo Neto, Morte e vida severina)
Substituindo-se os dois-pontos por uma conjunção, em “(...) pela colheita: recebe-se (...)”, mantém-se o sentido do texto APENAS em “(...)pela colheita,

Escolher uma resposta.
a. já que se recebe (...)”
b. portanto se recebe (...)”
c. embora de receba (...)”
d. ainda que se receba (...)”
e. ou se recebe (...)”
Alternativa A

A alternativa em que se preenche corretamente os dois pontos é “A”, pois, a oração “recebe-se na hora mesma de semear” é causal e “já que” é uma conjunção causal.

CorretoNotas relativas a este envio: 1/1.
Question 5
Notas: 1
Assinale a alternativa errada quanto ao uso da crase.
Escolher uma resposta.
a. Maria foi à Barcelona mês passado.
b. Pedro e Maria foram à Espanha em lua de mel.
c. Todos foram à Dinamarca comer os quitutes estranhos.
d. Fui à Inglaterra em busca de um sonho.
e. João foi à França neste último natal.Alternativa A

O uso de crase antes de expressões adverbiais de lugar formadas por nomes de cidades, países, estados, deve-se verificar se estes aceitam artigo, Na alternativa A, o uso de crase não se faz presente, pois, “Barcelona” não aceita artigo.

Errado
Notas relativas a este envio: 0/1.
Question 6
Notas: 1
As frases a seguir estão dispostas aos pares. Leia-as com atenção e assinale a...
tracking img