Oceano -abismo do tempo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4978 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
P r o s p e c t o r e l a t i v o a u m t e m a - c h a v e d o A n o I n t e r n a c i o n a l d o P l a n e t a Te r r a 2 0 0 7 - 2 0 0 9

Oceano -

abismo do tempo

C i ê n c i a s d a Te r r a p a r a a S o c i e d a d e

www.yearofplanetearth.org

Qual o propósito deste prospecto?
Este prospecto é relativo a um dos principais temas científicos a tratar no âmbito do AnoInternacional do Planeta Terra. Descreve, de forma acessível, por que motivo este tema foi escolhido e qual a razão de toda a investigação com ele relacionada — e que o Ano Internacional espera apoiar — é de importância vital para a nossa compreensão do Sistema Terra e da sociedade. O prospecto foi escrito por um conjunto de especialistas mundiais reunidos sob os auspícios do Comité do Programa Científicodo Ano Internacional do Planeta Terra.

Para saber mais…
Para saber mais acerca dos outros temas de investigação contemplados, é favor consultar www.yearofplanetearth.org e www.progeo.pt/aipt (onde podem ser encontradas todas as nossas publicações).

O que fazer de seguida…
Se é um cientista que deseja desenvolver uma proposta de investigação sobre este tema, por favor visite o sitewww.yearofplanetearth.org, descarregue o formulário "Expression of Interest (Science)" adequado e siga as instruções ou envie-o para o Ano Internacional. Se não conseguir encontrar o formulário que pretende, isso significa que ainda não está em condições de ser disponibilizado. Neste caso, por favor, continue a visitar o site.

1147 milhões de pessoas vivem a menos de 30 km da linha de costa

Olhai,o mar!
Os oceanos, que começaram a ser cientificamente explorados há cerca de 200 anos, detêm a chave sobre o funcionamento da Terra. Por exemplo, os sedimentos dos oceanos fornecem um registo de sinais climáticos relativos aos últimos 200 milhões de anos (Ma). Apesar do nosso conhecimento sobre os oceanos ser cada vez maior e ter revolucionado o entendimento do planeta Terra como um todo, (omelhor exemplo disso são as expedições oceanográficas que tiveram lugar depois da 2ª Guerra Mundial e que levaram à formulação da teoria da Tectónica de Placas no final da década de 1960) muito permanece por descobrir, não apenas no que diz respeito à utilização dos oceanos para benefício da humanidade e do ambiente, como na minimização dos riscos em habitar em redor das margens continentais. Cercade 21% da população mundial, 1147 milhões de pessoas, vivem a menos de 30 km da linha de costa. No contexto da tectónica de placas, o nascimento de um novo oceano envolve, muitas vezes, a ruptura de um continente, dando origem a um rift com margens continentais de ambos os lados (tal como acontece, actualmente, com os lados opostos do Oceano Atlântico). Por sua vez, o fundo oceânico é produzido ealastra-se de forma contínua a partir do sistema de cristas médio-oceânicas. Depois da sua jornada ao longo das bacias oceânicas profundas, o fundo oceânico pode desaparecer numa fossa oceânica, local onde a placa oceânica sofre subducção, usualmente sob um continente, tal como, hoje em dia, sucede em torno do Oceano Pacífico. Daí que a maior parte dos problemas científicos do OCEANO estejamrelacionados com as cristas médias expansivas e as margens continentais, quer estas sejam criadas por rifting (caso do Atlântico) ou por subducção (caso do Pacífico).

Quem esteve na origem do Ano Internacional do Planeta Terra?

Proposto pela União Internacional das Ciências Geológicas (IUGS) em 2001, o Ano Internacional foi aceite, de imediato, pela Divisão das Ciências da Terra da UNESCO e, maistarde, pela UNESCO e pelo Programa Internacional de Geociências da IUGS (IGCP).

O principal objectivo do Ano Internacional — demonstrar o enorme potencial que as Ciências da Terra possuem no estabelecimento de uma sociedade mais próspera, segura e saudável — explica o lema dado ao Ano Internacional: Ciências da Terra para a Sociedade.

Limites de placas litosféricas

O que significa o...
tracking img