Nr33

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1955 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIJUÍ – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
UERGS – Universidade Estadual do Rio Grande do Sul
DeTec – Departamento de Tecnologia
Curso de Engenharia Mecânica – Campus Panambi







LEANDRO JOSÉ URNAU







ESTUDO DA APLICAÇÃO DA NORMA REGULAMENTADORA Nº33 EM UNIDADES DE RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DE GRÃOS











Panambi
2010LEANDRO JOSÉ URNAU








ESTUDO DA APLICAÇÃO DA NORMA REGULAMENTADORA Nº33 EM UNIDADES DE RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DE GRÃOS







Trabalho de conclusão de curso apresentado à banca avaliadora do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, como requisito parcial para aobtenção do título de Engenheiro Mecânico.





Banca Avaliadora:
1° Avaliador: Prof. Nome , Titulação (M. Eng ou Dr. Eng).
2° Avaliador (Orientador): Prof. Nome, Titulação (M. Eng ou Dr. Eng).





































(opcional do autor, formato livre)


Aos meusqueridos pais X e Y, ao meu irmão Z e a minha esposa W, pelo amor, carinho e estímulo que me ofereceram, dedico-lhes essa conquista como gratidão.
AGRADECIMENTOS
(opcional do autor, formato livre)
Aos meus pais e.


A minha esposa.


Ao professor. ...


À ....


MUITO OBRIGADO!
RESUMO
(obrigatório)



Palavras-chave:



ABSTRACT
(obrigatório)Keywords:
LISTA DE FIGURAS
(obrigatório)
Figura 1: Acesso ao elevador da empresa Pazze Ind de Alimentos Ltda 18
LISTA DE TABELAS
(obrigatório)
Tabela 1 - Itens com manutenção de emergência nas unidades - método qualitativo. 18
Tabela 3 - Itens de reposição mais vendidos. 18
Tabela 4 - Ângulo de repouso, massa específica e porosidade dos principais grãos [10]. 20
LISTA DE ABREVIATURAS ESIGLAS
(opcional, ver com o orientador)

LISTA DE SÍMBOLOS
(opcional, ver com o orientador)

SUMÁRIO
(obrigatório)
INTRODUÇÃO 12
1 NORMA REGULAMENTODORA Nº 33 – SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS 13
1.1 13
1.2 13
2 RISCOS EM ESPAÇOS CONFINADOS 14
2.1 14
2.2 14
3 EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA TRABALHO EM ESPAÇOS CONFINADOS 15
3.1 15
4 ESPAÇOS CONFINADOS EM UNIDADESDE RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DE GRÃOS 16
4.1 16
5 ESTUDO DA APLICAÇÃO DA NR33 NA REGIÃO 17
5.1 PAZZE INDUSTRIA DE ALIMENTOS 17
5.1.1 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 17
5.1.2 ITENS DA NR33 IMPLANTADOS NA EMPRESA 17
5.2 GRANJA UNIÃO – FAMILIA VAN ASS 18
5.2.1 APRESENTAÇÃO 18
5.2.2 APLICAÇÃO DA NR33 18
5.3 COOPERATIVA AGROPECUÁRIA 19
5.3.1 APRESENTAÇÃO 19
5.3.2 APLICAÇÃO DA NR33 19
CONCLUSÃO20
REFERÊNCIAS 21
APÊNDICE A – Título do Apêndice 22
ANEXO A – Título do Anexo 23

INTRODUÇÃO



1 NORMA REGULAMENTODORA Nº 33 – SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS










1







2



RISCOS EM ESPAÇOS CONFINADOS



Os espaços confinados podem estar sujeitos a diversos riscos específicos


1 ASFIXIA





2RISCOS MECÂNICOS





3


4 EXPLOSÃO



EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA TRABALHO EM ESPAÇOS CONFINADOS







1








ESPAÇOS CONFINADOS EM UNIDADES DE RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DE GRÃOS


Unidades de Recebimento possuem vários ambientes que podem ser considerados com risco de confinamento. Os principais são as moegas, os poços de elevadores degrãos, tuneis de transporte de grãos, interior de silos, interior de armazéns graneleiros. Estes espaços são considerados principais porque se encontram em praticamente todas as unidades de Recebimento e Armazenamento de Grãos e são acessados freqüentemente pelos trabalhadores para execução de serviços de limpeza e manutenção.
Em unidades de Recebimento e armazenamento de grãos pode-se...
tracking img