Novo sindicalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3212 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Novo Sindicalismo, a estrutura
sindical e a voz dos trabalhadores
O historiador e colaborador do Núcleo Piratininga de Comunicação, Guilherme Marques Soninho, laçou no final do ano passado o livro O Novo Sindicalismo, a Estrutura Sindical e a Voz dos Trabalhadores (foto). Leia a entrevista de Rosângela Gil e Sérgio Domingues com Soninho sobre o seu livro, em abril de 2005.
Boletim do NPC.Por que nunca havia sido criada uma central sindical antes da CUT no Brasil?
Guilherme Marques Soninho. Antes da CUT foram feitas várias tentativas de criação de centrais. Em 1908 foi fundada a Confederação Operária Brasileira (COB), que pode ser considerada a primeira experiência da classe trabalhadora brasileira de criação de uma central.
Depois disso, diversas experiências, normalmente de curtaduração, se seguiram: em 1929, em 1935, em 1946, em 1953 (fruto da “greve dos 300 mil” em São Paulo). No Rio, em 1952, em 1958 e em 1960 (como resultado da “greve da paridade”). Finalmente, em 1962, foi criado o Comando Geral dos Trabalhadores (CGT). Em janeiro de 1964 foi criada ainda a União Sindical dos Trabalhadores (UST) que organizava os pelegos para rivalizar com o CGT.
Durante a ditaduramilitar, logo em 1967 houve algumas tentativas de aglutinação, tipo o Movimento Anti Arrocho (MIA), mas sem nenhuma expressão. Mesmo sob forte repressão, em 68 aconteceram as greves de Osasco (SP) e Contagem (MG), que foram um marco, mas não avançaram na unificação da classe nacionalmente.
A criação dessas centrais não quer dizer que elas tenham conseguido, de fato, existir e se consolidar. Amaioria dessas tentativas foi abortada pela repressão. Além disso, proibidas de existir pelas leis que regulamentam os sindicatos no Brasil que chamamos de estrutura sindical - elas eram normalmente apenas formas de articulação entre sindicatos oficiais e normalmente articulações regionais. E sabemos que era proibida a sindicalização de trabalhadores rurais, de funcionários públicos etc. Por issoprefiro falar em tentativas de criação de centrais sindicais.
Portanto, quando se diz que a CUT foi a primeira central de trabalhadores no Brasil, quer dizer que a CUT foi a primeira a se consolidar em todo o território nacional. Foi também a primeira a ter uma estrutura própria, não sendo apenas uma reunião de algumas federações, confederações e sindicatos. 
Lembremos que a estrutura sindicalbrasileira não prevê a existência de centrais sindicais. Elas não têm poder de contratação, de assinar acordos com os patrões. Passarão a ter apenas agora, com a reforma sindical do Governo Lula. Mas a CUT, nas suas origens, era crítica da estrutura sindical. Por isso nasceu como uma central de trabalhadores, não de sindicatos. Organizava trabalhadores do campo que não eram sindicalizados. Organizavaos funcionários públicos que não eram sindicalizados. E organizava as oposições sindicais. Seus congressos tinham a participação de trabalhadores de base ao lado de diretorias oficiais. Essas são características fundamentais de uma central de trabalhadores, e diferenciavam a CUT das articulações entre sindicatos, das articulações de cúpula, tentadas por um ou outro dirigente sindical de boavontade. Foi por isso ela conseguiu se consolidar.
BNPC. O surgimento da CUT pode ser visto como resposta à estrutura sindical autoritária da ditadura militar ou à estrutura sindical corporativista de Getúlio?
Soninho. Essa é uma pergunta difícil de ser respondida. Em primeiro lugar, é importante esclarecer que o modelo ditatorial de sindicalismo imposto pela ditadura militar, não tem contradiçõescom a estrutura sindical varguista. A estrutura sindical é a mesma, e como é definida pelo Estado, e não pelos trabalhadores, permite que diferentes governos imponham, a partir da mesma estrutura, modelos sindicais distintos.
É inegável que a CUT, no seu nascimento, se contrapunha à estrutura sindical oficial, criada por Getúlio Vargas. Organizava inclusive (como já dissemos) vários setores de...
tracking img