Novo padrao de envelhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Novos padrões de envelhecimento | Os indicadores demográficos usados atualmente para medir a longevidade da população mundial incomodam alguns pesquisadores dessa área. Esses índices refletem o envelhecimento verificado atualmente, mas são incapazes de apontar novos padrões nesse fenômeno. Uma pessoa que atingiu os 60 anos em 2000, por exemplo, embora já seja considerada idosa, tem umaexpectativa de vida maior do que alguém que tivesse a mesma idade em 1900. Para contornar discrepâncias como essa, uma equipe de especialistas desenvolveu três novos indicadores para avaliar a longevidade da população.

Os índices foram apresentados em artigo publicado eletronicamente esta semana na revista Nature pela equipe do pesquisador Wolfang Lutz, do Instituto Internacional para a Análise deSistemas Aplicados (Laxenburg, Áustria). Lutz esclarece que o objetivo dos novos indicadores é capturar de diferentes maneiras a expectativa de vida a partir do momento em que o indivíduo atinge a idade média máxima até sua morte, e não apenas partindo-se do seu nascimento, como acontece ao se utilizar como parâmetro a idade cronológica.

“Esses indicadores projetam algumas novas perspectivas arespeito da forma como o envelhecimento é percebido”, explica ele em entrevista à CH On-line. “Eles acabam também por fornecer outros dados que nos dão uma visão um pouco mais otimista da situação do envelhecimento populacional, conforme o que foi analisado em relação às tendências demográficas mundiais.”

Com base nesses padrões, os pesquisadores consideraram a realidade de 13 grandes regiõesno mundo, concluindo que, de modo geral, a velocidade do envelhecimento tem aumentado ao longo das décadas, mas que sua tendência até a metade do século 21 é de redução. Isso ocorrerá devido ao elevado o número de pessoas que já estarão em faixas etárias altas, paralelamente ao declínio das taxas de natalidade. Esses dados diferem dos fornecidos pelos indicadores atuais, para os quais o aumento dalongevidade já se tornou uma constante. |
As pirâmides etárias são gráficos que ilustram a composição da população por faixa de idade e sexo. Seus índices são estimados a partir da idade cronológica, um dos indicadores tradicionais. Nos exemplos acima, estão as pirâmides do Japão e do Brasil. Na primeira, nota-se o predomínio da população adulta na faixa dos 50 anos e a redução danatalidade, representada pelo estreitamento da base. Já na segunda, prevalecem a população na faixa dos 20 anos e os elevados índices de natalidade (fonte: ONU – clique na imagem para ampliá-la). |
|
|
|
|
|
PIRÂMIDE ETÁRIA DO JAPAO E DO BARASIL NO ANO DE 2006 |
|------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Conjuntura Económica - Inflação Europeia

Têm surgido recentemente factores que traduzem uma alteração estrutural do modo de funcionamento das economias que apontam no sentido de manutenção dos níveis de inflação na Zona Euro. O processo de desenvolvimento das economias asiáticas é um dos factores que bastante tem contribuído neste domínio. Não obstante a China estar aparentemente aconcorrer, nesta fase, para uma pressão adicional sobre os preços (via as commodities e o petróleo, por exemplo), parece-nos que a função das economias asiáticas nas próximas décadas se tornará preponderante sobretudo do lado da oferta. E numa economia global, em que as empresas alocam a produção onde é mais barato por forma a maximizar o retorno, os mercados dos factores produtivos (sobretudo trabalho)nos países desenvolvidos perdem poder negocial. Este é um processo que deverá intensificar-se nos próximos anos/décadas, contribuindo para um cenário de estabilidade dos preços nos países mais desenvolvidos. E recorde-se que o canal de transmissão via salários e mercado de trabalho é fundamental neste processo. Simultaneamente, nomeadamente na Europa, estamos perante economias em progressivo...
tracking img