Novo acordo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2015 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NOVO ACORDO ORTOGRAFICO
INTRODUÇÃO:

A Língua Portuguesa enfrentou um longo percurso desde o século 15, época da expansão marítima portuguesa, até o momento em que as antigas colônias portuguesas, hoje países independentes, decidiram aprovar em conjunto um acordo ortográfico para facilitar os processos de comunicação entre seus povos. Tal fato pode ser um excelente motivo para o professorestimular a reflexão de seus alunos sobre a importância de nosso idioma, instigando-os a uma análise comparativa sobre as culturas dos países lusófonos, tão distintos e distantes, e ao mesmo tempo tão próximos entre si devido à identidade linguística.
Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Este acordo entrou em vigor
No Brasil em 1º de janeiro de 2009, tendo um período de quatro anos parasua adaptação. Estudiosos da
área têm questionado alguns pontos controvertidos nesse novo acordo e a partir de diversas obras que
tratam desse tema, foi possível ser desenvolvida esta análise, buscando maior compreensão sobre a nova
reforma da ortografia, apontando assim as questões mais polêmicas no Novo Acordo Ortográfico da Língua.DESENVOLVIMENTO:

Esse Acordo é meramente ortográfico; portanto, restringe-se à língua escrita, não afetando nenhum aspecto da língua falada. Ele não elimina todas as diferenças ortográficas observadas nos países que têm a língua portuguesa como idioma oficial, mas é um passo em direção à pretendida unificação ortográfica desses países.
Este guia foi elaborado de acordo com a 5.ª edição doVocabulárioOrtográfico da Língua Portuguesa (VOLP), publicado pela Academia Brasileira de Letras em março de 2009.

Trema

Não se usa mais o trema (¨), sinal colocado sobre a letra upara indicar que ela deve ser pronunciada nos grupos gue,gui, que, qui.
|Como era |Como fica |
|agüentar |aguentar |
|argüir |arguir|
|bilíngüe |bilíngue |
|cinqüenta |cinquenta |
|delinqüente |delinquente |
|eloqüente |eloquente |
|ensangüentado |ensanguentado |
|eqüestre |equestre |
|freqüente |frequente |
|lingüeta|lingueta |
|lingüiça |linguiça |
|qüinqüênio |quinquênio |
|sagüi |sagui |
|seqüência |sequência |
|seqüestro |sequestro |
|tranqüilo |tranquilo |


Atenção: o trema permanece apenas naspalavras estrangeiras e em suas derivadas. Exemplos: Müller, mülleriano.










Mudanças nas regras de acentuação

1. Não se usa mais o acento dos ditongos abertos éi e ói das palavras paroxítonas (palavras que têm acento tônico na penúltima sílaba).
|Como era |Como fica |
|alcalóide |alcaloide|
|alcatéia |alcateia |
|andróide |androide |
|apóia |(verbo apoiar)apoia |
|apóio |(verbo apoiar)apoio |
|asteróide |asteroide |
|bóia|boia |
|celulóide |celuloide |
|clarabóia |claraboia |
|colméia |colmeia |
|Coréia |Coreia |
|debilóide |debiloide |
|epopéia...
tracking img