Novas tecnologias de processos industriais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 67 (16541 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Novas Tecnologias para Processos Industriais:
Eficiência Energética na Indústria

Introdução
A concorrência internacional vem exercendo sobre a indústria brasileira uma pressão crescente no sentido de que adote tecnologias inovadoras mais “limpas”. É imperioso que se trabalhe com plantas industriais sustentáveis capazes de minimizar o consumo de energia e água e a emissão de efluentes e gasesque causam o efeito estufa (GEEs), bem como o descarte de resíduos. O presente trabalho foi elaborado para apoiar o processo de identificação e difusão de novas tecnologias nesse campo. Ele compreende uma síntese do documento intitulado “Identificação de Tecnologias Inovadoras para Processos Industriais”, fruto de uma parceria da Confederação Nacional de Indústria (CNI) com a Eletrobras formadapor intermédio do PROCEL – Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica e seu subprograma PROCEL INDÚSTRIA – Eficiência Energética Industrial. Sete setores foram selecionados para integrar o estudo. São eles: (i) Siderurgia - segmento integrado; (ii) Químico - segmento de fertilizantes; (iii) Metais Não Ferrosos - segmento de Alumínio; (iv) Cimento; (v) Celulose e Papel - segmento integradomais embalagens; (vi) Cerâmico - segmentos de revestimentos cerâmicos e cerâmica vermelha; e (vii) Alimentos
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÚSTRIA

1

e Bebidas - segmento bioetanol e biocombustível. Essa seleção teve por base as seguintes considerações: • Os setores de siderurgia, produtos químicos e metais não ferrosos, celulose e papel e alimentos e bebidas são os que apresentam os maioresconsumos específicos da indústria tanto de energia térmica como elétrica. Os setores de siderurgia, produtos químicos e alimentos e bebidas são os que mais contribuem para o PIB do Brasil. Os setores de siderurgia, produtos químicos, metais não ferrosos, celulose e papel e produtos cerâmicos não só vêm ao longo dos últimos anos investindo significativamente na melhoria de seus processos produtivoscomo tiveram um comportamento econômico mais dinâmico, fato que abre boas perspectivas de manutenção de altas taxas de crescimento no futuro .

• •

O trabalho foi dividido em três etapas. Na primeira foram identificadas as demandas em termos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) para os setores industriais selecionados. Na segunda etapa fez-se um levantamento do “estado da arte” dosequipamentos e/ou processos para cada um dos setores citados, incluindo as tecnologias inovadoras de uso geral. Na etapa final é feita uma análise da extensão e do uso efetivo das tecnologias inovadoras no curto, médio e longo prazos. A análise dos processos de inovação tecnológica à disposição do setor industrial apresentados neste trabalho permite destacar os seguintes aspectos: Setor Siderúrgico comÊnfase nas Plantas Integradas. Este segmento tem adotado práticas de gestão sustentável a fim de mitigar os principais impactos ambientais do seu processo industrial. Tais práticas constam do seguinte: consumo intensivo de materiais, recursos energéticos e água, produção de efluentes e geração de GEEs. Para tanto, as atividades e as estratégias das empresas têm privilegiado a responsabilidade social eo compromisso com a melhoria da qualidade de vida, a partir do domínio de toda a cadeia do aço. Setor Químico com Ênfase no Segmento de Fertilizantes. Por meio de iniciativas próprias ou de parcerias com órgãos de fomento, entidades de pesquisa e universidades, este setor tem procurado melhorar o seu processo produtivo com foco no uso mais eficiente da energia, no emprego de novas tecnologias e nabusca de alternativas para a redução de passivos ambientais. Setor de Metais Não Ferrosos com Ênfase no Segmento de Alumínio. Por se tratar de uma indústria altamente energointensiva, seus investimentos estão voltados principalmente para a reciclagem e a adoção de novas tecnologias que ajudam a melhorar a recuperação ou a transformação de sucata, com vistas a reduzir o consumo energético --...
tracking img