Nick viucick

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2672 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Motivação designa em psicologia, em etologia e em outras ciências humanas a condição do organismo que influencia a direção (orientação para um objetivo) do comportamento. Em outras palavras é o impulso interno que leva à ação.
Motivação é um construto e se refere ao direcionamento momentâneo do pensamento, da atenção, da ação a um objetivo visto pelo indivíduo como positivo. Esse direcionamentoativa o comportamento e engloba conceitos tão diversos como anseio, desejo, vontade, esforço, sonho, esperança entre outros

A fé de uma pessoa nas suas próprias capacidades tem um surpreendente efeito multiplicador sobre essas mesmas capacidades.

Motivação

O Grande Dom da Minha Mãe

Eu tinha dez anos de idade quando minha mãe teve paralisia, causada por um
tumor na espinha dorsal.Antes disso ela havia sido uma mulher vibrante e
vigorosa, de tal maneira ativa que a maioria das pessoas achava impressionante.
Mesmo quando era pequena, tinha trinta e um anos, sua vida mudou. Assim
como a minha.

Do dia para a noite, parecia, ela passou a ficar deirada de costas em uma cama
de hospital. Um tumor benigno a havia incapacitado, mas eu era jovem demais
para compreender a ironiada palavra “benigno”. pois ela nunca mais seria a
mesma.

Ainda tenho imagens vívidas dela antes da paralisia. Ela sempre foi gregária
e recebia muitas visitas. Com freqüência passava horas preparando canapés e
enchendo a casa de flores, que colhia frescas no jardim cultivado ao lado da ca-
sa. Selecionava as músicas populares da época e rearrumava a mobília a fim de
abrir espaço para que osamigos pudessem se entregar à dança. Na realidade,
era minha mãe quem mais gostava de dançar.

Hipnotizada, eu a observava se vestir para as festividades noturnas. Mesmo
hoje em dia ainda me lembro de nosso vestido favorito, com sua saia preta
e corpete de renda azul-marinho, o contraste perfeito para seu cabelo louro.
Fiquei tão emocionada quanto e, naquela noite, minha mãe certamente era a15

http://www.idph.net
potencial.humano@idph.net

16

mulher mais bonita do mundo.

Eu acreditava que ela podia fazer qualquer coisa, fosse jogar tênis (ganhara
campeonatos na universidade), costurar (fazia todas as nossas roupas), tirar fo-
tografias (ganhou um concurso nacional), escrever (era colunista de um jornal)
ou cozinhar (especialmente agora, apesar de não poder fazernenhuma dessas
coisas, ela encarava sua doença com o mesmo entusiasmo que tinha em rela-
ção a tudo o mais. Palavras como “deficiente”e “fisioterapia”tornaram-se parte
de um estranho mundo novo no qual entramos juntas, e as bolas de borracha
para crianças que ela se esforçava para apertar adquiriram um simbolismo que
jamais haviam possuído. Gradualmente, passou cuidar do meu próprio cabelo
e dodela. Eventualmente, tornou-se rotina levá-la na cadeira de rodas até a
cozinha, onde ela me ensinava a arte de descascar cenouras e batatas e como
esfregar alho e sal e pedaços de manteiga em uma boa carne assada.

Quando, pela primeira vez, ouvi falarem em uma bengala, opus-me:

— Não quero que a minha linda mãe use uma bengala. Mas a única coisa que
ela disse foi:

— Não é melhor vocême ver andando com uma bengala do que não me ver
andando de maneira alguma?

Cada conquista era um marco para nós duas: a máquina de escrever elétrica, o
carro com câmbio e freio automáticos, sua volta à universidade, onde se diplo-
mou em Educação Especial.

Ela aprendeu tudo o que podia sobre as pessoas com deficiências e acabou fun-
dando um grupo ativista de apoio chamado OsIncapacitados. Certo dia, sem
ter falado muito de antemão, ela me levou e a meus irmãos a uma reunião dos
Incapacitados. Eu nunca vira introspectiva, pensando em como nós realmente
tínhamos sorte. Ela nos levou muitas vezes depois disso e, eventualmente, a vi-
são de um homem ou uma mulher sem pernas ou braços não nos chocava mais.
Minha mãe também nos apresentou a vítimas de paralisia cerebral,...
tracking img