Neuropsicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 46 (11359 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
Introdução………………………………………………………………………… 2
Eteopatologia neurológica
1 . Acidente vascular cerebral (avc)………………………………………………. 6
2. Traumatismo crânio-encefálico (tce)…………………………………………… 9
3. A epilepsia …………………………………………………………………….. 15
4. Doenças nutricionais e metabólicas……………………………………………. 18
5. Doenças degenerativas…………………………………………………………. 18
Lobulo frontal e funçõesexecutivas…………………………………………….. 21
Neuropsicologia da atenção e da orientação
1. Atenção……………………………………………………………………….. 24
2. Orientação……………………………………………………………………... 27
Neuropsicologia da função mnésica……………………………………………. 29
Neuropsicologia da função da linguagem……………………………………… 32
Neuropsicologia da função práxica e visuoconstrutiva
1. Função práxica………………………………………………………………… 34
2. FunçãoVisuoconstrutiva……………………………………………………… 39
Neuropsicologia da função gnósica……………………….…………………… 40
Avaliação neuropsicológica …………………………………………………… 45
Relatório………………………………………………………………………… 47
Referências Bibliográficas……………………………………..………………. 48
NEUROPSICOLOGIA

Introdução
A Neuropsicologia é o ramo da psicobiologia que se ocupa do estudo da relação entre a actividade cerebral, sobretudo a do córtex, e os processos psíquicos complexos. ANeuropsicologia Clínica, é o componente prático da Neuropsicologia Humana, uma vez que transporta os conhecimentos obtidos na investigação neuropsicológica para os domínios da avaliação, diagnóstico e tratamento das patologias do sistema nervoso central
A sua História reporta-nos para antigamente onde se acreditava que a actividade mental era controlada por forças externas. A trepanação era utilizadadesde a pré-história para “libertar dos maus espíritos” as pessoas com patologias mentais. Estas primeiras tentativas de neurocirurgia demonstravam a importância que se dava ao cérebro no funcionamento do corpo.
A “hipótese cerebral” (o cérebro é o órgão biológico que controla e dirige o comportamento) é um dos primeiro conceitos que podemos encontrar na história de neuropsicologia.
Entre as maisantigas informações escritas sobre o sistema nervoso, destaca-se o papiro descoberto no Egito por Edwin Smith. Este documento foi escrito em cerca de 1700 a.C., possivelmente pelo médico egípcio Inhotep. É um verdadeiro tratado de cirurgia e contém a descrição clínica detalhada de vários casos considerados importantes para a neurociência, pois neles se discute a observação da relaçãocérebro-conduta.
No cômputo geral, ainda por mais de dois mil anos, as concepções médico-filosóficas giraram em torno do empirismo e do sobrenatural.
Na antiga Grécia, inicialmente em medicina as discussões giravam em torno do problema corpo-alma. Para todos os pensadores gregos, a saúde exigia a harmonia do corpo e da alma.
Entre as ideias defendidas, destaca-se: a de Pitágoras (580-510 a.C.), que admitiaque a mente estava situada no encéfalo, enquanto no coração localizavam-se a alma e as sensações; a de Hipócrates (cerca de 460-370 a.C.), que discutiu a epilepsia como um distúrbio do encéfalo, e o considerava como sede da inteligência e das sensações; a de Platão (427-347 a.C.), que considerava o coração a sede da alma afetiva; a de Aristóteles (384-322 a.C.), que admitia ser o coração o centrodas sensações, das paixões e da inteligência enquanto o encéfalo tinha como função refrigerar o corpo e a alma;
Já durante o período pré-medieval, a medicina de Cláudio Galeno, (cerca de 129-199 d.C.), a maior parte de suas ideias sobre o funcionamento cerebral humano baseiam-se nas suas cuidadosas dissecações em animais.
Para Galeno, os nervos eram condutos que levavam os líquidos vitais ouhumores, permitindo que as sensações fossem registadas e os movimentos iniciados, ou seja, consegue situar a atividade mental no líquido cefalorraquideano (LCR) contido nos ventrículos.
Esta teoria proposta por Galeno (Teoria Ventricular), foi aceite por médicos e filósofos durante quase mil e quinhentos anos.
A partir do final do período medieval, teve...
tracking img