Neurocisticercose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1607 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NEUROCISTICERCOSE:

Frequente em nosso meio. Foi mais diagnosticada depois do advento da TC, então há uns 15, 20 anos não tinha TC aqui em João Pessoa, tinha em Recife, em São Paulo mas não era de fácil acesso como é hoje, então a incidência de neurocisticercose era subdiagnosticada. Não se tem estatística atual aqui no Brasil, na nossa região de neurocisticercose, exatamente porque os dadosainda são da época em que não se tinha a facilidade de diagnóstico que se tem hoje.
Outra idéia errada que a população em geral tem é de que a ocorrência de neurocisticercose seria pela ingestão de carne de porco, então tem um preconceito muito grande com o pobre do porco principalmente no Nordeste, de que carne de porco faz mal, de que vai dá germe de porco na cabeça, então isso é errado porquecarne de porco é tão saudável quanto as outras se estiver em bom estado. A neurocisticercose não é da ingestão da carne de porco, a ingestão da carne de porco contaminada levará ao aparecimento de teníase, que é a forma intestinal da tênia. Como é que ocorre a contaminação do sistema nervoso pela tênia? É pela forma larvária, o homem passa a ter o papel do porco de hospedeiro intermediário devido afalta de higiene, más condições do tratamento da água, então as formas larvárias são encontradas na água, na fruta, na verdura que a gente pega e não lava, na auto-infestação como por exemplo o paciente que tem teníase e não lava as mãos após ir ao banheiro se infestando com a neurocisticercose, além disso, o refluxo por exemplo quando o paciente tem a forma intestinal e faz um refluxo para oestômago, depois para a corrente sanguínea adquirindo a forma neurocisticercose.
Então o que seria a neurocisticercose? Seria a infecção do sistema nervoso por Cisticerco cellulasae ou racemosus, formas larvárias da Taenia solium (lembrando que a Taenia saginata é da vaca, do boi). Tem o homem como hospedeiro intermediário. Na cisticercose, além do sistema nervoso que é o mais acometido (90%), podeocorrer também a nível de tecido celular subcutâneo, musculatura estriada e olho. A nível do sistema nervoso atinge o tecido nervoso propriamente dito ou pode ocupar as cavidades ventriculares e as cisternas, principalmente as cisternas da base, esses últimos são de mais difícil tratamento. Existe a forma vesicular com escólex e a forma racemosa: a vesicular seria a forma de um cisto com um pontinhobranco dentro que seria o escólex, na TC se apresenta como uma imagem hipoatenuante, ou seja, escura como um cistozinho com um ponto branco dentro que seria o escólex, a forma vesicular é a mais freqüente, já a forma racemosa é descrita como um cacho de uva e não tem escólex, são vários cistozinhos juntos e sem escólex.

* Quadro Clínico
* Forma hipertensiva (36%)
* Forma epiléptica(44%)
* Outras formas (4%):
- Psíquicas
-Demenciais
-Focais
A forma hipertensiva seria cefaléia, vômito, papiledema.
A forma epiléptica seria abrir o quadro com convulsões, que é o mais freqüente.
Pode funcionar como um tumor apresentando sintomas focais, hemiparesia, dependendo da extensão e localização do cisto ou nódulo.

* Diagnóstico
* Quadroclínico
* TCC
* RM
* LCR (aumento de células < 50/mm3 com linfomononucleares, eosinófilos, anticorpos específicos)
A TC e RM têm papéis importantíssimos, a maioria já como a TC é identificado, apesar de que em alguns casos, principalmente nos casos que ocupam as cisternas e ventrículos, a TC pode ser insuficiente para o diagnóstico.
No LCR tem um aumento discreto das células(<50) com predomínio de linfomononucleares, presença de eosinófilos e anticorpos específicos são positivos em até 50%. Então infelizmente o líquor pode não confirmar o diagnóstico, por isso a TC e a RM são tão importantes.
A evolução natural da doença é em torno de 4 a 6 anos, ou seja, se não tratar aquelas formas de vesícula ou a racemosa evoluirão para degeneração e formação de calcificações,...
tracking img