Negocios e publicidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2885 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 Disciplina: Direito Tributário Formação de Preço Administração Financeira de Curto Prazo Módulo: 6.2 Docente: Prof. André Oliveira Prof. Nelson Bravo Prof. Murilo Carneiro Data de Postagem: 19/10/2011

DATA DE ENTREGA: 24/11/2011 PRÁTICA INTEGRADORA MÓDULO 6.2
NOME: CÓDIGO: POLO:

OBJETIVO DESTA ATIVIDADE: Os objetivos da presente atividade são: 1. Identificar as espécies tributárias

2.Aplicar os tributos na formação do preço final do produto/serviço 3. Estabelecer uma política de crédito da empresa (padrões de crédito, prazo de crédito, descontos financeiros, limite de crédito, taxas de juros e garantias)

COM ISSO VOCÊ SERÁ CAPAZ DE: 1. Partindo do correto enquadramento tributário estabelecer uma política de preços coerente com o mercado 2. Com base nos conceitos da gestãofinanceira de curto prazo criar um modelo de gestão rentável.

INTRODUÇÃO À PRÁTICA INTEGRADORA – PLANO DE NEGÓCIO

Caro aluno;

A prática integradora irá introduzi-lo em uma das principais ferramentas gerencias utilizadas pelos empreendedores: o Plano de Negócio.

O Plano de Negócio consiste no planejamento detalhado de uma atividade (que pode ser de expansão da capacidade produtiva,abertura de uma nova filial). Entretanto, para fins didáticos, vamos elaborar nesta prática integradora um Plano de Negócio de uma abertura de empresa.

Antes de tudo: o que é um Plano de Negócio?

Para Salim et al (2005), um Plano de Negócio é um documento que contém a caracterização do negócio, sua forma de operar, suas estratégias, seu plano para conquistar uma fatia do mercado e as projeçõesde despesas, receitas e resultados financeiros.

O Plano de Negócios é uma prática amplamente difundida na Europa, EUA e Canadá. Entretanto, só começaram a difundidos no Brasil a partir de 1990, pelo setor de desenvolvimento de softwares brasileiros, por

2 meio do Programa SOFTEX.

Alguns fatores foram importantes para a disseminação do uso da ferramenta: • • • •

A difusão da Internet, Acriação de cursos de empreendedorismo nas universidades brasileiras A participação ativa do SEBRAE A criação do programa Brasil Empreendedor do Governo federal.

PORQUE SE FAZER UM PN?

Um plano de negócios (PN) é realizado para que o empreendedor tenha uma clara noção do que será necessário para se iniciar o empreendimento. Neste contexto, o plano de negócio levanta uma série dequestionamentos importantes relacionados ao novo negócio, como: mercado-alvo, posicionamento e estratégias dos concorrentes, tempo de retorno do investimento.

No Brasil, muitas empresas são abertas sem o menor planejamento prévio. Em muitas situações, dentro de pouco tempo, o empreendedor se encontra totalmente descapitalizando e agindo apenas com o intuito de tentar obter parte de seu investimentorealizado.

A falta de planejamento explica, em muitas situações, o porquê de tantas empresas brasileiras encerrarem atividades precocemente (DORNELAS, 2006). Segundo dados do SEBRAE-SP (2009), 27% das empresas fecham as portas em seu 5º ano de atividade. É um número elevado, que atinge absurdos 64% em 5 anos.

Um plano de negócios irá ajudar o empreendedor a: •

Analisar o ambiente onde estáinserido – concorrência, fornecedores, clientes, dificuldades na instalação e instalação da empresa

• • • •

Refletir sobre a validade da sua idéia de negócio Ter uma estimativa aproximada do montante de recursos necessários à instalação do projeto Ter mais acesso a fontes de financiamento de terceiros Ingressar em uma incubadora de empresas

QUAIS AS PARTES DO PN?

Um plano de negócio écomposto de oito principais partes:

1. Sumário 2. Sumário executivo

3 3. A empresa – descrição geral de atividades (produtos e serviços oferecidos) 4. Análise de mercado 4.1 Análise setorial 4.2 Análise da concorrência 4.3 Análise da demanda 4.4 Análise de fornecedores 5. Oferta da empresa 6. Plano operacional 7. Capitalização – sustentação financeira do negócio 8. Fontes de recursos –...
tracking img