Natureza (destacando os quatro elementos fortes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5874 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

O Bullying ainda é pouco conhecido no Brasil e por isso é constantemente confundido com desentendimentos, xingamentos e discussões. Todo bullying é uma agressão, mas nem toda a agressão é classificada como bullying. Somente através da educação esta violência acabará.
Este trabalho busca esclarecer sobre o que é e o que não é bullying e suas consequências. Tambémconheceremos os locais que mais ocorrem, identificaremos como algumas pessoas participam desta violência e aprenderemos como combatê-la.
O Bullying é um termo utilizado para conceituar alguns comportamentos agressivos e anti-sociais; é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por uma ou mais pessoas. Bullying tem origem na palavrainglesa bully, que significa valentão, brigão. Como não tem tradução específica em português, pode ser traduzido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato.
Segundo Fante (2005, p. 28 e 29),


[...] Bullying é um conjunto de atitudes agressivas, intencionais e repetitivas que ocorrem sem motivação evidente, adotado por um ou mais alunos contra outro(s), causando dor, angústia e sofrimento. Insultos, intimidações, apelidos cruéis, gozações que magoam profundamente, acusações injustas, atuação de grupos que hostilizam, ridicularizam e infernizam a vida de outros alunos levando-os à exclusão, além de danos físicos, morais e materiais, são algumas das manifestações do ”comportamento bullyin.


Esse tipo de atitude ou comportamento é muitoantigo, mas estudar isso, é que não é. Esse estudo começou no Brasil com da professora Cleo Fante, que através de pesquisas em São José do Rio Preto verificou que realmente existiam problemas ligados a esse tipo de violência e como aconteciam. A partir daí, lembra a pesquisadora, começou-se a repensar o bullying com base em dados empíricos que dimensionam quanto meninos e meninas têm sofrido naescola com problemas de intimidação dos pares, através de apelidos e violências físicas e morais.
Algumas crianças que passam por algumas situações e que as tornam frágeis podem vir a tornar-se agressivas. Porém, normalmente vai passando aos poucos e essa criança volta a ser o que era antes. Então essa etapa é apenas agressividade. Mas, quando essa agressividade for permanente, então éconsiderada bullying.
Segundo Pereira (2002, p.18),


É a intencionalidade de fazer mal e a persistência de uma prática a que a vítima é sujeita o que diferencia o bullying de outras situações ou comportamentos agressivos.


Entretanto, esse ainda é um assunto que causa confusão, já que as pessoas não sabendo direito o que é realmente bullying, algumas acham que tudo é normale algumas caem no outro extremo, pois acham que tudo é bullying. Mas então o que não é? Discussões, conflitos ou brigas pontuais não são e brincadeiras esporádicas também não.
Ken Rigby é um professor na University of South Australia e PhD em Psicologia, nos últimos anos se tornou uma autoridade em bullying e em seu livro ”Bullying in schools and what to do about it” foi publicadona  Austrália, Reino Unido e Estados Unidos e é visto por muitas pessoas como um texto padrão. No blog Bullying não é Brincadeira transcreve alguns trechos, já traduzidos do livro,


Bullying muitas vezes é confundido com agressão em geral.  Isto é uma pena porque o comportamento agressivo nem sempre envolve um abuso de poder.  Por exemplo, quando duas crianças estão brigando oudiscutindo, provavelmente cada uma delas está agindo de maneira dura e agressivamente para resolver uma questão ou uma disputa.  Esta pode ser uma forma indesejável de se comportar.  O que se gostaria é que as duas resolvessem suas diferenças calmamente, sem perturbar os outros ou sem se machucarem.  Você pode razoavelmente sentir que deve intervir.  Mas o que está acontecendo pode não ser...
tracking img