O querer e a liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ARTIGO HANNAH ARENDT: O QUERER E A LIBERDADE
Philósophos 11 (2) : 215-246, ago./dez. 2006 215
HANNAH ARENDT: O QUERER
E A LIBERDADE
Carlos Antonio Mendes de Carvalho
Buenos Ayres (UnB)
menayres@ig.com.br
Resumo: o artigo propõe-se a descrever, segundo o crivo analítico de Hannah
Arendt, o percurso histórico-teórico que conduz ao aparecimento de
uma das três faculdades do espírito: afaculdade da vontade ou querer.
Remontando inicialmente à Grécia antiga, logo empreende um movimento
progressivo até a nossa contemporaneidade, segundo a contribuição de
pensadores clássicos, medievais e modernos. Numa visão retrospectiva,
Arendt discorre com acuidade acerca do processo de percepção e assunção
da faculdade da vontade, correlacionando-o com o advento e consolidação
da concepçãolinear do tempo, de extração cristã, em contraposição à
concepção cíclica do tempo, de extração helênica. Também discorre sobre
o embate que se instala entre a faculdade do querer e o pensar, através da
polêmica entre São Tomas de Aquino e Duns Scotus. Por fim, o artigo
aproxima a faculdade da vontade à noção de liberdade, fundamento da
condição humana.
Palavras-chave: a faculdade da vontade,a faculdade do pensar, a liberdade.
INTRODUÇÃO
Perscrutar com acuidade o pensamento de um autor
qualquer já se constitui por si só uma tarefa ingente. Imaginem
quando a tarefa que se nos impõe a “vontade” é esquadrinhar
o pensamento de uma autora de grande estatura intelectual,
cujo escopo é rastrear as faculdades do espírito, a saber, o PenCarlos
Antonio Mendes de Carvalho Buenos Ayres216 Philósophos 11 (2) : 215-246, ago./dez. 2006
samento, a Vontade e o Julgar, tais como elas são suscitadas
nos cérebros de uma plêiade de filósofos e teólogos notáveis.
A autora à qual nos referimos é Hannah Arendt, que, com
uma erudição enciclopédica, procura dar conta da trajetória
dessas faculdades do espírito, num empreendimento que infelizmente
não chegou a seu termo devido ao seupassamento.
Longe de nós, no entanto, enveredar pelo caminho que nos
conduzem a fazer o mesmo; só que desta vez guiado pelo travejamento
seguro, mas nem por isso mais fácil, produzido pela
autora em apreço. Por isso, nos debruçaremos apenas sobre
uma das faculdades do espírito que reputamos ser estratégico
na compreensão de seu pensamento e de suas intenções explicativas
contidas em sua obra:a faculdade da Vontade. Mas
para isso traçamos um itinerário que nos parece ser dotado
de uma lógica histórico-cronológica e cognitiva. No primeiro
tópico, portanto, que é o mais longo, nos preocuparemos em
fazer um “sensoriamento remoto” que nos permita identificar
o momento da “descoberta” da faculdade da Vontade entre
os filósofos medievais; as razões que a alçaram à condição de
primuninter pares no âmbito das demais faculdades do espírito,
entre os filósofos da Era Moderna; as desconfianças dos filósofos
pós-medievais quanto à sua existência; assim como apresentar
as justificativas da autora em apreço acerca do porquê do
seu não conhecimento por parte dos filósofos da Antigüidade
Grega. No segundo tópico, procuraremos identificar os caracteres
de duas das principaisfaculdades do espírito, a saber, do
Pensamento e da Vontade, e também considerações acerca do
conflito entre eles. No terceiro e último tópico, ensaiaremos
alguns incipientes passos na direção de uma sucinta, modesta
e temerária tentativa de interpretação do pensamento de uma
das mais discutidas pensadoras desse final de século, que se
transmuda também em final de milênio.
ARTIGO HANNAH ARENDT:O QUERER E A LIBERDADE
Philósophos 11 (2) : 215-246, ago./dez. 2006 217
O ADVENTO DA VONTADE ENQUANTO FACULDADE DO ESPÍRITO
Segundo Hannah Arendt, a Vontade, enquanto faculdade
autônoma e distinta do espírito, era de todo desconhecida
na Antigüidade Grega, sendo que seu “descobrimento” decorreu
de experiências que só tomamos conhecimento a partir
do século I da Era Cristã. Arendt relata...
tracking img