Multtimetro

Páginas: 7 (1665 palavras) Publicado: 15 de maio de 2011
Experiência 2: Multímetro
1 – Objetivos:

Familiarizar-se com o instrumento e suas escalas;

Realizar medidas de tensão, corrente e resistência elétrica;

2 – Equipamentos e componentes.
• Multímetro;
• Protoboard;
• Resistores:
|R1 = 10k( |R7 = 100( |
|R2 = 10k( |R8 = 100( |
|R3 = 10k( |R9 = 100( ||R4 = 10k( |R10 = 100( |
|R5 = 1k( | |
|R6 = 100k( | |

3 – Informação Teórica.
Um medidor é um instrumento de medição. O resultado de uma medição é uma medida. Não há cunho científico onde não houver medida. Em Eletrônica, os amperômetros medem intensidades de corrente, os voltômetros medem a diferença depotencial (tensão) entre dois pontos e os ohmômetros medem as resistências elétricas dos condutores.
Cometendo erros de nomenclatura, porém já consagrados pelo uso, tais aparelhos são mais conhecidos por: amperímetro, voltímetro e ohmímetro. 
[Nota: O Sistema Internacional de Unidades, no trecho dedicado á nomenclatura, indica: aparelhos de medida direta são grafados com terminação em "ímetro"(tal como o paquímetro) e os de medida indireta são grafados com terminação "ômetro" (tais como o cronômetro, odômetro, amperômetro, voltômetro etc.). Os técnicos em eletricidade e eletrônica não 'falam' cronímetro ou odímetro, mas dão-se por satisfeitos com amperímetro, voltímetro etc.]
Um 'multímetro' ou multiteste incorpora todas essas funções de medidores e possivelmente outras mais,num só equipamento.
Antes de entrarmos em detalhes no manuseio dos multímetros, é importante para você ter uma idéia clara de como os medidores são conectados ao circuito sob inspeção.
A ilustração abaixo mostra um circuito em duas situações, A antes e B depois de se ligar um amperímetro:
[pic]
Para se medir a intensidade de corrente que circula por um dado componente ou numtrecho de circuito, tal circuito deve ser "aberto", "cortado", "interrompido" para poder intercalar o amperímetro em série. Toda a corrente que passa pelo componente ou no trecho em questão deve passar também através do medidor. Na ilustração acima, não importa se o amperímetro é inserido na posição indicada, entre R1 e R2 ou entre R2 e a fonte de tensão.
A introdução do amperímetro nocircuito implica na introdução de uma nova resistência (a resistência interna do próprio aparelho), que afeta a resistência total e conseqüentemente a intensidade de corrente. Assim, para que a leitura seja confiável é necessário que a resistência própria do medidor seja a mais baixa possível.
Um bom amperímetro deve ter resistência interna praticamente nula!
A ilustração a seguir mostra umcircuito em duas situações, A antes e C depois de se ligar um voltímetro:
|[pic] |

Observe que, para a medida de uma diferença de potencial (tensão) entre dois pontos (os terminais do resistor R2, na ilustração), o circuito não precisa ser interrompido; o voltímetro é conectado em paralelo. Para que ainclusão do voltímetro não altere substancialmente o valor da resistência do trecho sob medição é preciso que a resistência própria (interna) do medidor seja a mais alta possível. Em outras palavras, a intensidade de corrente através do voltímetro deve ser mínima.
Um bom voltímetro tem resistência interna praticamente infinita!
Que medição você acha que é mais útil para o experimentador,intensidade de corrente (com amperímetro) ou tensão elétrica (com voltímetro)?
Ambas são úteis, porém, a medida de tensão é muito mais prática e muito mais freqüente. Ela é uma medição fácil, pois incorpora a vantagem de não necessitar nenhuma interrupção no circuito original. Nesse tipo de medição, as pontas de prova do voltímetro são simplesmente encostadas nos pontos entre os quais quer...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!