Multtimetro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1665 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Experiência 2: Multímetro
1 – Objetivos:

Familiarizar-se com o instrumento e suas escalas;

Realizar medidas de tensão, corrente e resistência elétrica;

2 – Equipamentos e componentes.
• Multímetro;
• Protoboard;
• Resistores:
|R1 = 10k( |R7 = 100( |
|R2 = 10k( |R8 = 100( |
|R3 = 10k( |R9 = 100( ||R4 = 10k( |R10 = 100( |
|R5 = 1k( | |
|R6 = 100k( | |

3 – Informação Teórica.
Um medidor é um instrumento de medição. O resultado de uma medição é uma medida. Não há cunho científico onde não houver medida. Em Eletrônica, os amperômetros medem intensidades de corrente, os voltômetros medem a diferença depotencial (tensão) entre dois pontos e os ohmômetros medem as resistências elétricas dos condutores.
Cometendo erros de nomenclatura, porém já consagrados pelo uso, tais aparelhos são mais conhecidos por: amperímetro, voltímetro e ohmímetro. 
[Nota: O Sistema Internacional de Unidades, no trecho dedicado á nomenclatura, indica: aparelhos de medida direta são grafados com terminação em "ímetro"(tal como o paquímetro) e os de medida indireta são grafados com terminação "ômetro" (tais como o cronômetro, odômetro, amperômetro, voltômetro etc.). Os técnicos em eletricidade e eletrônica não 'falam' cronímetro ou odímetro, mas dão-se por satisfeitos com amperímetro, voltímetro etc.]
Um 'multímetro' ou multiteste incorpora todas essas funções de medidores e possivelmente outras mais,num só equipamento.
Antes de entrarmos em detalhes no manuseio dos multímetros, é importante para você ter uma idéia clara de como os medidores são conectados ao circuito sob inspeção.
A ilustração abaixo mostra um circuito em duas situações, A antes e B depois de se ligar um amperímetro:
[pic]
Para se medir a intensidade de corrente que circula por um dado componente ou numtrecho de circuito, tal circuito deve ser "aberto", "cortado", "interrompido" para poder intercalar o amperímetro em série. Toda a corrente que passa pelo componente ou no trecho em questão deve passar também através do medidor. Na ilustração acima, não importa se o amperímetro é inserido na posição indicada, entre R1 e R2 ou entre R2 e a fonte de tensão.
A introdução do amperímetro nocircuito implica na introdução de uma nova resistência (a resistência interna do próprio aparelho), que afeta a resistência total e conseqüentemente a intensidade de corrente. Assim, para que a leitura seja confiável é necessário que a resistência própria do medidor seja a mais baixa possível.
Um bom amperímetro deve ter resistência interna praticamente nula!
A ilustração a seguir mostra umcircuito em duas situações, A antes e C depois de se ligar um voltímetro:
|[pic] |

Observe que, para a medida de uma diferença de potencial (tensão) entre dois pontos (os terminais do resistor R2, na ilustração), o circuito não precisa ser interrompido; o voltímetro é conectado em paralelo. Para que ainclusão do voltímetro não altere substancialmente o valor da resistência do trecho sob medição é preciso que a resistência própria (interna) do medidor seja a mais alta possível. Em outras palavras, a intensidade de corrente através do voltímetro deve ser mínima.
Um bom voltímetro tem resistência interna praticamente infinita!
Que medição você acha que é mais útil para o experimentador,intensidade de corrente (com amperímetro) ou tensão elétrica (com voltímetro)?
Ambas são úteis, porém, a medida de tensão é muito mais prática e muito mais freqüente. Ela é uma medição fácil, pois incorpora a vantagem de não necessitar nenhuma interrupção no circuito original. Nesse tipo de medição, as pontas de prova do voltímetro são simplesmente encostadas nos pontos entre os quais quer...
tracking img