Movimento dos trabalhadores rurais sem terra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (575 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA

INTRODUÇÃO

O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra) teve seu início nos primórdios da república do Brasil, onde os trabalhadores docampo (camponeses) reivindicavam terras para que pudessem produzir e sobreviver à nova economia. Disputavam essas terras com os donos de terras e mais pra frente os latifundiários. Depois de tantos anosde luta, o MST solidificou-se na década de 80 como um movimento oficial, que reivindicava os direitos dos trabalhadores rurais e luta contra a concentração fundiária e o Estado, invadindo terrasdestes que não necessitavam.

O MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA

O MST teve início nos anos 80 e está em 24 estados hoje em dia, teve seu início a partir do fim do regime militar ondeficou em aberto um ar para as reivindicações e debates que poderiam ser feitos. No ano de 1985 teve a proposta da elaboração do primeiro PNRA (Plano Nacional da Reforma Agrária). Os objetivos do MSTestão em discussões que levam a transformações importantes no Brasil, por um lado, eles conseguiram grandes avanços neste movimento e por outro faltam ainda muitos problemas sociais em relação à reformaagrária e a infraestrutura para serem resolvidos. Dados do INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) mostram que nestes últimos anos houve 614.093 famílias assentadas e sendo criados551 assentamentos e no Brasil há um total de 85,8 milhões de hectares à reforma agrária e total de 8.763 de assentamentos com 924.263 famílias.
Os números acima são favoráveis à luta do movimento, masaté 2010 havia cerca de 90.000 famílias para serem assentadas, o que representa a falta de terras disponibilizadas, e em relação à infraestrutura, dados levantados pelo INCRA mostra que, em 2010,31,04% dos assentamentos possuíam energia elétrica mas com baixa qualidade, sendo que 21,39% não possuíam energia elétrica, no caso de saneamento básico apenas 1,14% dos assentamentos tinham rede de...
tracking img