Morfologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1136 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1
ARONOFF, Mark. Morfologia: uma entrevista com Mark Aronoff. ReVEL, vol. 7, n. 12, 2009.
Tradução de Gabriel de Ávila Othero. ISSN 1678-8931 [www.revel.inf.br].
MORFOLOGIA – UMA ENTREVISTA COM MARK ARONOFF
Mark Aronoff
State University of New York at Stony Brook
ReVEL – Quais foram os principais marcos no estudo da Morfologia?
Aronoff – Acredito fortemente na continuidade da Lingüística.Os trabalhos
que mais influenciaram minhas idéias desde o começo foram os clássicos do
estruturalismo norte-americano: Language, de Bloomfield, Language, de Sapir,
e os trabalhos em Morfologia de Harris, Hockett e Nida. Juntamente com
Saussure e Baudouin de Courtenay, esses estudiosos estabeleceram os
problemas fundamentais envolvidos em qualquer teoria morfológica, e suas
preocupaçõespermanecem relevantes ainda hoje.
Nos últimos cinqüenta anos, eu destacaria o livro-texto de Matthews,
Morphology, como sendo o trabalho mais importante. A maioria dos
morfologistas de hoje trabalha dentro do modelo geral que ele apresentou.
ReVEL – Sua tese de Doutorado, Word Formation in Generative
Grammar1
, ainda é um trabalho de grande influência. O senhor
poderia nos falar um poucosobre algumas das idéias centrais
desenvolvidas ali que ainda são interessantes para os estudos em
Morfologia do século XXI?
Aronoff – Esse trabalho foi baseado na noção de que a Morfologia deveria ser

1
ARONOFF, Mark. Word Formation in Generative Grammar. Linguistic Inquiry Monograph
No. 1. Cambridge: MIT Press, 1976. (Versão publicada da tese de Doutorado de M. Aronoff) 2
tratada como umobjeto de estudo em si mesma e não apenas como uma fonte
de dados para teorias sobre outros aspectos da linguagem. Eu ainda acredito
nisso. A noção de bloqueio (blocking), que é muito antiga, mas que meu
trabalho trouxe novamente à tona para os lingüistas modernos, também
continuou central, ainda que hoje mais nos estudos de inflexão. O estudo da
produtividade se beneficiou de novos métodos,tanto quantitativos como
experimentais. A melhor evidência de que o livro continua influente é o fato de
que ele segue sendo editado, passados mais de trinta anos.
ReVEL – O senhor tem trabalhado com a Morfologia e suas relações
com outras subáreas da Lingüística, como a Fonologia, a Sintaxe, a
Semântica e a Psicolingüística. Qual é a importância que o senhor vê
no estudo de relações entrea Morfologia e essas outras áreas? Qual a
importância desses estudos de interface para o trabalho em
Morfologia?
Aronoff – Nos últimos quinze anos, eu tenho alargado a noção de Morfologia
por si mesma, a idéia de que ao menos certos aspectos da Morfologia são
autônomos. Mas a única maneira de demonstrar autonomia é através da
interação. Uma das características da linguagem como um sistema éa medida
em que os componentes realmente interagem. Essa interação costumava ser
vista mais ou menos como sendo linear, com um componente alimentando
outro (a ordem exata dependia da teoria adotada), mas cada vez mais ela é vista
como algo muito mais complicado do que isso.
Eu sempre fui bem católico na minha escolha de ferramentas e métodos, usando
análise lingüística tradicional, técnicasexperimentais, ferramentas
computacionais ou o que fosse. Especialmente graças ao crescimento da
Internet, existem agora diversos métodos e ferramentas baseados em corpus,
disponíveis para qualquer um. Até mesmo uma ferramenta simples como o
Googlefight (www.googlefight.com) pode fornecer resultados muito
interessantes sobre produtividade, que seriam completamente impensáveis
alguns anosatrás. 3
Nos últimos seis anos, eu passei uma boa parte de meu tempo estudando
línguas de sinais, que forneceram um entendimento complemente diferente
sobre Morfologia, por causa do efeito visual do meio e da novidade de muitas
línguas de sinais do mundo. Em alguns casos, fomos capazes de documentar o
desenvolvimento da morfologia praticamente em tempo real, o que é muito
emocionante.
ReVEL...
tracking img