Mordernismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (267 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O modernismo foi um movimento que se iniciou no Brasil por causa, em grande parte, da ssimilaçao de tendencias culturais e artísticas lançadas pelas vanguardas europeias noperíodo que antecedeu a Primeira guerra mundial tendo como exemplo do Cubismo e do Futurismo, refletindo, então, na procura da abolição de todas as regras anteriores e aprocura da novidade e da velocidade, mas sempre ajustando-os as singularidades culturais brasileiras. O modernismo foi marcado sobretudo, pela liberdade de estilo eaproximação com a linguagem falada.O modernismo é separado em 3 fases, com uma segunda fase mais amena, que formou grandes romancistas e poetas.
A segunda fase estendeu-se de 1930 a1945, e foi rica na produção poética, e foi construtiva não sendo uma sucessão brusca da primeira.
A ideia de inovação fazia surgirem novas expressões, a poesia apresentavaum crescente amadurecimento, abandonando o espírito combativo e irreverente da década anterior e passa a caracterizar-se pelo espírito construtivo.
A linguagem é maiscomunicativa e pessoal, sem desprezo da liberdade formal dos primeiros tempos do modernismo.
A Temática é variada: temas sociais, religiosos, amorosos, espiritualistascaracterizam a poesia moderna da segunda fase.
Os temas das poesias são universais, pois os olhares estavam voltados às vivências da sociedade a respeito das crises sociais queaconteciam no mundo, das guerras, da luta pela supremacia econômica.
Os principais nomes da poesia na segunda fase foram:
Augusto Frederico Schmidt (1906-1965)
CarlosDrummond de Andrade (1902-1987)
Cecília Meireles (1901-1964)
Jorge de Lima (1895-1953)
Mário Quintana (1906-1994)
Murilo Mendes (1901-1975)
Vinícius de Moraes (1913-19
tracking img