Monografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


















a)













1 INTRODUÇÃO


O tema escolhido para o presente projeto de TCC é a importância dos conselhos de classe nas relações escolares, dentro da linha de pesquisa: planejamento e avaliação.
Esta pesquisa será quali-quantitativa do tipo exploratória. Fazer-se-a inicialmente uma revisãobibliográfica indo depois a campo onde utilizar-se-á a entrevista semi estruturada e questionário aberto e fechado para coleta de dados.
Na teoria, a prática do conselho de classe é para diagnosticar problemas e apontar soluções em relação a alunos, professores e a instituição. Porém, acredita-se que há aí uma dificuldade que pretende-se aprofundar uma leitura e uma discussão, pois asdemonstrações que se reconhece nos conselhos de classe resumem-se a determinar se o aluno esta aprovado ou reprovado. Será esta a finalidade do Conselho de Classe? Essa é a relação que se quer?
O objetivo geral do nosso trabalho é a utilização do conselho de classe como um espaço de construção da avaliação e um mecanismo gestor capaz de contribuir para a aquisição do conhecimento e osucesso escolar.
A escola pública vive em constante movimento, pois novas decisões pedagógicas, administrativas e políticas são sugeridas a cada governo. Na escola, interagem diferentes sujeitos, com várias visões de mundo, em uma organização que estrutura suas relações baseada em interesses particulares ou de determinados grupos. Para existir um conselho de classe participativo énecessária a colaboração de todos.
Os objetivos específicos são:
1. Ver o Conselho com espaço que respeita a história de cada aluno e acompanhá-lo em suas necessidades, não priorizando a dificuldade que há pelo número expressivo de alunos que existe em cada sala e número reduzido de horas aula semanais. Achar tempo e formas de conhecer seu aluno, no intuito de entender quem ele é,de onde ele vem, qual seu histórico escolar e qual sua história de vida.
2. Indicar mecanismos de avaliação diversos, objetivando o crescimento do aluno e valorizando os avanços para dar suporte na superação das dificuldades, sempre maximizando os acertos.
Através da pesquisa que será realizada com professores de uma escola pública da área central da cidade e análise dasreferências bibliográficas, pretende-se levantar dados e hipóteses que possam contribuir no fazer pedagógico.






























































2. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA


A origem dos conselhos de classe deu-se na França em 1945, sendo que no Brasil começou a surgir em 1958, no Rio de Janeiro, com umgrupo de educadores que estagiaram em Sévres, na França.
A primeira Lei de Diretrizes e Bases da Educação – Lei 4024/61, apesar de trazer a idéia de uma avaliação mais abrangente, não explicitava o Conselho de Classe, assim como a Lei 5692/71, que reformulou a primeira lei, não citou diretamente os conselhos de classe. Destacamos que essa nova lei tinha cunho autoritário e tecnicista,pois nasceu no regime militar.
Os conselhos de classe, na época da ditadura militar, aconteciam nas escolas que o achavam importante, sem uma instituição legal.
Em 1985, o Brasil teve seu primeiro Presidente Civil eleito indiretamente e logo após seu primeiro presidente, eleito pelo povo. Intensificaram-se, então, as discussões acerca da valoração e recuperação daescola pública, bem como da democratização do acesso.
A aprovação da atual Constituição Federal (1988), bem como a criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (1990) deu uma nova ênfase ao acesso e permanência da criança na escola. Ao lado disso tudo, pedagogos e filósofos defendiam uma educação popular. Para Savian (2003, p. 69)


(...) uma “pedagogia...
tracking img