Monografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (621 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Atividades de Português – 4º ano

I- Texto
A árvore que fugiu do quintal

No tempo dos quintais, quando as crianças de hoje ainda nem haviam nascido, o mundo era muito bonito. Em todo lugarhavia muitas árvores, flores, passarinhos e borboletas de todas as cores.
Quando cansados, desciam correndo, rindo e falando alto: “O último a chegar lá é mulher de padre!” E eu tinha de tomar muitocuidado para não deixar nenhum menino cair de mim. Já com sono de tanto brincar e de barriga bem cheia, procuravam minha sombra, recostavam no meu tronco e dormiam à beça até o sol se pôr.
Vivíamosbem felizes até aparecer na cidade um homem grande, de nome Serjão, gordo feito uma baleia, com bigodão e voz grossa de meter medo.
Serjão começou a comprar tudo; matava as árvores, destruía ascasas. Por fim, tapava a terra toda com cimento e construía, no lugar, edifícios de vinte andares.
O nosso mundo foi ficando feio. As crianças já não tinham quase mais lugar para jogar bola de gude, nemárvores para subir, nem terra onde brincar. E aconteceu que o pai do Joãozinho teve de vender a casa. Serjão foi lá no quintal e mandou derrubar tudo: “ Hoje, a casa. Amanhã, a árvore”. O baleião merevoltou. Ah... que vontade de dar uma galhada nele.
Os homens são uns bobões. Pensam que as árvores só servem para enfeitar. Mas nós percebemos tudo. Não temos nariz, mas respiramos. Não temoscoração, mas sentimos. Não temos lágrimas, mas choramos muito quando nos maltratam.
Não sei por que os homens acham que são melhores do que nós. Brigam por qualquer coisinha... Só porque um é branco eoutro, preto, já é motivo de pancada. Nós, árvores, não brigamos nunca. Mesmo se é uma mangueira e outra, laranjeira. Somos amigas sempre. Não importa de que semente tenhamos nascido.
Naquele dia tãotriste, já com saudade do Joãozinho e das crianças e com muita raiva do Serjão gordão cara de melão, resolvi fugir. Esperei ficar de noite, enquanto os homens dormiam, e com muita dificuldade...
tracking img