Monogamia em tempos atuais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7158 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Monogamia em tempos atuais

SUMÁRIO

1. Introdução 6
2. Justificativa 7
3. Objetivos8
4. Fundamentação Teórica 9
5. Metodologia 20
6. Discussão e resultados22
7. Referências Bibliográficas 27

1. Introdução

Sendo os relacionamentos entre homem e mulher um assunto polêmico, decidimos fazer uma pesquisa voltada aos fatores que levam as pessoas a traírem seus respectivos parceiros, tanto num namoro, casamento ou em um “ficar” e como aspessoas rompem ou lidam com um relacionamento em que houve a traição.
O assunto traição e relacionamento ideal é muito polêmico e debatido entre as pessoas, tornando-se ainda mais complexo quando se fala em um relacionamento que se pode mencionar ou dar como um referencial de relacionamento exemplar.
Este tema, sendo muito discutido, tornou-se assunto de pesquisa para nós, sendo queo interesse é de compreender melhor como as pessoas lidam com esta realidade que ao mesmo tempo, sendo um assunto ou tema antigo, é atual, pois a relação entre homens e mulheres além de ser o fator principal para a procriação e perpetuação da espécie, é um assunto que muito se fala, mas ninguém consegue dar uma definição de quais fatores levam as pessoas a iniciarem um relacionamento e como elaslidam, no dia-a-dia, e como elas terminam este relacionamento quando não o querem mais. Um dos fatores mais comum de se observar no término de um relacionamento é a traição, pois encontramos uma situação poligâmica que seria uma das partes que procura se relacionar com mais de um(a) parceiro(a).
A traição é um ato que não é aceito pela nossa sociedade, o chamado adultério, pois busca asatisfação sexual através do outro fora do relacionamento. A traição soa como algo ruim, podendo vir a nossa memória algo de ruim que alguém veio a fazer com nós mesmo ou até mesmo com alguém que conhecemos, quando não esperávamos que aquela pessoa pudesse ser capaz de fazer tal ato, dando uma sensação de frustração, raiva ou uma sensação de vingança, querer se vingar “dar o troco”.
Monogamiaocorre quando um indivíduo possui apenas um único parceiro durante sua relação amorosa, namoro, casamento ou até um “ficar”. Isto seria o esperado pelas pessoas que geralmente namoram se casam ou tem um relacionamento com alguém que identificamos aqui no trabalho como um “ficar”.
Durante os primeiros séculos da nossa era Cristã, tendo como base o calendário cristão não existia essa ideologiaou concepção de que o casamento deveria ser universal e indissolúvel. Na verdade “o casamento universal e indissolúvel não era universal porque nem todas as pessoas precisavam ou deviam casar-se (prostitutas eram mantidas e serviam à satisfação masculina), não era desejável que todos se casassem porque não interessava a existência de muitos herdeiros para o patrimônio e porque era preciso umareserva de moços e moças por causa da alta taxa de mortalidade que poderia criar a necessidade de substituir um dos cônjuges. Não era indissolúvel porque a aliança poderia ser rompida em caso de esterilidade, de descoberta de incesto, ou por uma guerra entre os antigos aliados (como a famosa guerra de Tróia por causa da Helena). Somente muito tempo depois, quando a igreja começou a impor seu poder,...
tracking img