Monarquia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2301 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO: 1- INTRODUÇÃO; 2- ASPECTO HISTÓRICO: SURGIMENTO DO SISTEMA PARLAMENTAR E SUA EXPANSÃO; 3- CARACTERISTICAS GERIAS DO SISTEMA PARLAMENTAR; 4- PARLAMENTARISMO NO BRASIL: ASPECTOS HISTÓRICOS; 4.1- A MONARQUIA CONSTITUCIONAL DO IMPÉRIO E SUAS CARACTERISTICAS; 4.2- SISTEMA PARLAMENTAR DE 1961 A 1963; 5- CONCLUSÃO; 6- REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

1- INTRODUÇÃO

A presentepesquisa pressupõe em dizer sobre o sistema parlamentarista. Verificaremos, através de um panorama histórico como se procedeu a implantação deste regime governamental, segundo entendimentos dos autores pesquisados. Inclusive, iremos dispor, sobre a época de instalação de cada um dos três tipos de sistema parlamentarista encontrados na história.
Após a perspectiva histórica trataremos de mostrarde forma breve sobre as principais características do parlamentarismo, seguindo também, algumas orientações teóricas. Afirmamos, porém, que ao mostrar para vocês leitores às características gerais do Parlamentarismo, podemos deixar de verificar algumas peculiaridades, mas não deixaremos de expor as idéias necessárias para a compreensão deste sistema. Nosso maiorcomprometimento.
Esta pesquisa pressupõe também a averiguação do início deste sistema no território brasileiro. Notaremos também, os principais personagens deste contexto e quais são as características percebidas.
Esta pesquisa dispõe divisões notáveis através de títulos, o que facilita também na compreensão. Iremos dividir nosso trabalho em duas partes. Por fim, será verificada no decorrer deste umalinguagem fácil de ser compreendida.

2- ASPECTO HISTÓRICO: SURGIMENTO DO SISTEMA PARLAMENTAR E SUA EXPANSÃO

Antes de mencionarmos as peculiaridades deste sistema político, fica indispensável saber como foi o procedimento histórico do parlamentarismo segundo a perspectiva de alguns doutos estudiosos da disciplina de Teoria Geral do Estado.
Segundo Dallari a Inglaterra éconsiderada o berço deste sistema. Vejamos sua colocação.

“A Inglaterra pode ser considerada o berço do governo representativo. Já no século XIII, o mesmo que assistiu à elaboração da Carta Magna, numa

1 Estudante de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.


rebelião dos barões e do clero contra o monarca, irá ganhar forma de parlamento. No ano de 1265 um nobrefrancês, Simom de Montefort, neto de inglesa e grande amigo de barões e eclesiásticos ingleses, chefiou uma revolta contra o rei da Inglaterra, Henrique III, promovendo uma reunião que muitos apontam como a verdadeira criação do parlamento. (DALLARI,
1995, p.195)

Como vimos, a Inglaterra é o berço do sistema parlamentar, podemos dizer que á idéia principal deste é quebrar com o poderiodas monarquias absolutistas.
Segundo Dallari, a faísca do parlamentarismo surgiu no ano de 1213, onde, o “João sem Terra convocará ‘quatro cavaleiros discretos’ de cada condado, para com eles ‘conversar sobre os assuntos do reino’. (DALLARI, 1995, p.195). Bem sabe que somente reuniam pessoas de igual condição política, econômica e social, mas com o propósito de poderem influenciar nas decisõesdo Estado.
O parlamento Inglês na “segunda metade do século XIV, (...) já se apresentava com a sua fisionomia atual: Câmara dos Lordes e Câmara dos Comuns” (SOARES, 2001, p 513). Mas é imprescindível mencionar que vários foram os fatores que contribuíram para a implantação do sistema político parlamentar na Inglaterra. Esposa Mário Lucio Quintão tais motivos:

- A vitóriaem 1688, após a Glorious Revolution, do governo representativo sobre o absolutismo;
- o controle parlamentar sobre o governo na votação da proposta tributária
anual;
- a formação de dois grandes partidos;
- o preparo cultural da aristocracia inglesa;
- O advento de uma linhagem estrangeira de monarcas que não dominavam a língua inglesa, demonstrando-se incapaz de acompanhar as...
tracking img