Moldes plasticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 117 (29089 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SENAI Mario Amato
NTP - Núcleo de Tecnologia do Plástico

FERRAMENTEIRO DE MOLDES PARA PLÁSTICOS

Escola SENAI Mario Amato – Ferramenteiro de moldes para plásticos

Ferramenteiro de moldes para termoplásticos © SENAI-SP, 2001 Trabalho elaborado pelo Banco Cultural, NTP - Núcleo de Tecnologia do Plástico da Escola SENAI Mario Amato, para o Departamento Nacional do SENAI, para curso AE –Aprendizagem Industrial - Especializações. Equipe responsável Coordenação geral Coordenação Elaboração Revisor Revisão Colaboração Editoração Produção gráfica Digitalização Wander Burielo de Souza 01 -Banco Cultural Imagix Banco Cultrual

Milton Gava Fausto Carlos Machini Bruno Balico dos Santos

SENAI

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Escola SENAI Mario Amato CENATEC - CentroNacional de Tecnologia em Cerâmica, Plásticos e Química Faculdade de Tecnologia Ambiental Avenida José Odorizzi, 1555 – Bairro Assunção 09861-000 São Bernardo do Campo - SP

Telefone Telefax SENAI on-line E-mail Home page

(0XX11) 4109 – 9499 (0XX11) 4351 – 6985 0800 - 55 – 1000 senai@sp.senai.br http:// www.sp.senai.br/1.16

NTP – Núcleo de Tecnologia do Plástico

1

Escola SENAI MarioAmato – Ferramenteiro de moldes para plásticos

SUMÁRIO

MATERIAIS PLÁSTICOS INJEÇÃO DE PLÁSTICOS PROCESSO DE INJEÇÃO ASPECTOS FUNDAMENTAIS NO DESENVOLVIMENTO DE MOLDES

5 15 23 27

CLASSIFICAÇÃO DOS MOLDES DE INJEÇÃO CONSTRUÇÕES ESPECIAIS ASPECTOS FUNDAMENTAIS NA CONSTRUÇÃO DE MOLDES ELEMENTOS DO MOLDE SELEÇÃO DE MATERIAIS PARA MOLDES TABELAS PADRONIZADAS PARA MOLDES
MOLDES PARA PEÇASPLÁSTICAS SOPRADAS MOLDES DE COMPRESSÃO E TRANSFERÊNCIA

31 55 61 81 107 111
121 135

REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

147

NTP – Núcleo de Tecnologia do Plástico

2

Escola SENAI Mario Amato – Ferramenteiro de moldes para plásticos

NTP – Núcleo de Tecnologia do Plástico

3

Escola SENAI Mario Amato – Ferramenteiro de moldes para plásticos

1
Definições Plástico

MATÉRIA-PRIMA

Éa denominação de uma numerosa família de materiais sintéticos formados por grandes moléculas constituídas basicamente de Carbono (C). São materiais moldáveis pela ação do calor e temperatura ou solventes. Aliás, o vocábulo “plástico” indica a relativa facilidade de levar-se tais materiais ao estado plástico. Podem receber aditivos, como estabilizadores, que lhes conferem resistência ao impacto,ácidos, calor e raios solares e também receber pigmentos, que lhes dão cores e tonalidades desejadas. Há plásticos que têm como matéria-prima uma resina sintética proveniente, por sua vez, de outras substâncias que combinadas, lhe deram origem. E também há plásticos que não procedem de resinas sintéticas, mas, sim, de substâncias naturais, como é o caso, por exemplo, da celulose (substânciaproveniente de vegetais) e da caseína (proteína encontrada no leite). Principais matérias primas para obtenção do plástico: • • • Petróleo Hulha Gás natural

NTP – Núcleo de Tecnologia do Plástico

4

Escola SENAI Mario Amato – Ferramenteiro de moldes para plásticos

Petróleo: Extração, Destilação Fracionada, Refino da NAFTA e distribuição

Consumo mundial de petróleo

Monômero É a matériaprima dos polímeros. Consiste de moléculas simples de produtos obtidos a partir do gás natural e principalmente do petróleo. Alguns monômeros foram por muitos anos, resíduos da gasolina ou óleo de aquecimento. Da participação de cada produto fabricado a partir de petróleo, é notado que apenas 4% da produção total é usada para fabricação de plásticos.

NTP – Núcleo de Tecnologia do Plástico

5 Escola SENAI Mario Amato – Ferramenteiro de moldes para plásticos

Exemplos de polímeros com suas respectivas unidades repetitivas. Polímero Polietileno (PE) Monômero
H2C CH2

Unidade Repetitiva

CH2

CH2 n

H2C
Polipropileno (PP)

CH CH3

CH2

CH CH3 n

H2C
Poliestireno (PS)

CH

CH2

CH

n
Polímero A palavra polímero é originada do grego, cujo significado é...
tracking img